Quarta-feira, 30 jun 2021 - 16h40
Por Maria Clara Machado

Temperatura acima dos 49°C faz mais de 200 vítimas fatais no Canadá

Uma onda de calor devastadora está atingindo o Canadá e já foram reportadas 233 mortes súbitas possivelmente associadas às temperaturas recordes na província de British Columbia desde a última sexta-feira. O calor extremo também pegou regiões do noroeste dos Estados Unidos e fez vítimas fatais.

Imagem do encontro dos rios Fraser e Thompson em Lytton, no Canadá. Onda de calor que atinge a região é recorde. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @KyleTWN
Imagem do encontro dos rios Fraser e Thompson em Lytton, no Canadá. Onda de calor que atinge a região é recorde. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @KyleTWN

Temperatura chegou a quase 50°C
Foram três dias consecutivos de temperaturas recordes na pequena vila de Lytton, na British Columbia (ou Colúmbia Britânica), que fica a cerca de 250 quilômetros ao leste de Vancouver. O termômetro marcou ontem surpreendentemente 49,6°C, depois de atingir 47,5°C na segunda-feira e 46,6°C no domingo, segundo registros do Environment Canada, o serviço meteorológico oficial do país.

A região é acostumada a um calor de até 30°C e as temperaturas nunca tinham extrapolado recordes anteriores de 45°C. As consequências foram desastrosas, afirmaram as autoridades.

Os serviços de emergência em British Columbia registraram pelo menos 200 vítimas fatais em quatro dias relacionadas ao calor fora do comum, a maioria idosa ou que já tinham problemas de saúde. Só em Vancouver foram pelo menos 65 mortes.

O noroeste dos Estados Unidos também registrou recordes de calor no início da semana. As máximas atingiram 46,1°C em Portland (Oregon) e 42,2°C em Seattle (Washington), as mais altas desde 1940, quando começaram os registros do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos (NWS).

As autoridades acreditam que pelo menos 12 mortes nos dois estados também estejam relacionadas à onda de calor.

Regiões em alerta
Os especialistas alertam para a frequência de eventos extremos do clima como este. A onda de calor atinge o noroeste de Idaho, o norte de Oregon e o estado de Washington, nos Estados Unidos e as províncias British Columbia, Aberta e todo o oeste de Saskatchenwan, no Canadá, que permanecem em alerta.

Uma grande massa de ar quente se estende do Canadá aos territórios árticos e está literalmente fervendo principalmente as regiões do interior. Além da preocupação com a saúde dos moradores, os bombeiros do Canadá disseram estar extremamente preocupados com o risco de incêndios florestais.


Ouça o podcast Conheça a nova página de ENERGIA do Apolo11



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2022