Terça-feira, 2 fev 2021 - 10h38
Por Maria Clara Machado

Tempestade de neve deixa Nova York em estado de emergência

Uma grande tempestade de neve atingiu Nova York e várias partes do nordeste dos Estados Unidos e desde ontem paralisa o transporte aéreo e terrestre, as escolas, os locais de vacinação e diversos estabelecimentos. O governo de Nova York declarou estado de emergência para 44 condados e o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS) alerta para mais nevascas sobre o nordeste dos Estados Unidos.

Um bolo de neve se formou em residência de Cresskill, no condado de Bergen, em Nova Jersey, durante a segunda-feira. Crédito: Foto MLGM, cedida para o Painel Global.
Um bolo de neve se formou em residência de Cresskill, no condado de Bergen, em Nova Jersey, durante a segunda-feira. Crédito: Foto MLGM, cedida para o Painel Global.

NEVASCAS CONTINUAM
A orientação da prefeitura de Nova York é para os moradores permanecerem em casa, mantendo as estradas livres para os veículos de emergência, diante dos alertas emitidos pelo Serviço Nacional de Meteorologia (NWS) de mais nevascas pelo menos até a quarta-feira, dia 3.

Moradias em Cresskill, em Bergen, em Nova Jersey, foram tomadas pela neve. Crédito: Foto MLGM, cortesia para o Painel Global.
Moradias em Cresskill, em Bergen, em Nova Jersey, foram tomadas pela neve. Crédito: Foto MLGM, cortesia para o Painel Global.

Nesta casa em Cresskill, em Nova Jersey, a neve chegou a altura do joelho. Crédito: Foto: MLGM, cortesia para o Painel Global.
Nesta casa em Cresskill, em Nova Jersey, a neve chegou a altura do joelho. Crédito: Foto: MLGM, cortesia para o Painel Global.

De acordo com o NWS, estações de Connecticut, Maryland, Nova York e Pensilvânia já receberam pelo menos 30 centímetros de neve e a quantidade impressionante chegou a 76 centímetros em Mendham Borough, um bairro de Morris, em Nova Jersey.

São vários bairros de Nova York que estão cobertos por neve. O Central Park registrou 38 centímetros de neve e num bairro no Bronx a neve chegou a 48 centímetros nesta segunda-feira, dia primeiro de fevereiro, informou o NWS.

O número de voos cancelados nos Estados Unidos chegava a 1700 na noite desta segunda-feira.

Radar do NWS mostra as áreas do nordeste dos Estados Unidos atingidas pela forte nevasca durante a segunda-feira. Crédito: NWS.
Radar do NWS mostra as áreas do nordeste dos Estados Unidos atingidas pela forte nevasca durante a segunda-feira. Crédito: NWS.

Os meteorologistas temem uma situação semelhante ao que ocorreu com a supertempestade Sandy em 2012, quando os ventos poderosos fizeram a maré subir inundando ruas da cidade e as linhas de metrô.

Já há relatos de pequenas a moderadas inundações em toda a costa de Nova York nesta terça-feira. As águas ainda podem subir atingindo o paredão de Battery Park em Nova York e vários bairros da costa poderão sofrer com mais inundações. Há também alerta de enchentes na costa do Maine ao litoral sul de Delaware.

Esta tempestade de inverno está entre as maiores já registradas pelo NWS e as nevascas com ventos fortes ainda devem atingir com maior impacto partes do estado de Nova York, Vermont, Massachusetts e Maine, áreas do nordeste dos Estados Unidos.

Ouça nosso podcast NOAA testa drones caçadores de furacões



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021