Quinta-feira, 15 jul 2021 - 10h48
Por Maria Clara Machado

Texas em atenção com a chegada de poeira do deserto do Saara

A poeira do Saara está modificando as cores do céu e a qualidade do ar na parte leste do Texas, sul dos Estados Unidos, esta semana. Os impactos começaram ser observados desde o sábado. O fenômeno é comum entre os meses de junho e setembro e pode potencializar problemas respiratórios pré-existentes por causa do ar empoeirado.

Pôr do sol em Briggs, no Texas, no dia 12, quando a poeira do Saara avançava pela região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @philostrophy
Pôr do sol em Briggs, no Texas, no dia 12, quando a poeira do Saara avançava pela região. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @philostrophy

A nuvem de poeira fez novamente o caminho da África até o Texas, percorrendo pouco mais de 7 mil quilômetros pelo oceano Atlântico. Todos os anos, os ventos alísios trazem a poeira do Saara, em maior ou menor escala, para o Golfo do México. Quanto mais espessa a camada de poeira for, mais fácil dos satélites detectarem e rastrearem a camada.

A nuvem de poeira afeta o índice da qualidade do ar, o que é prejudicial, pode também reduzir bastante a visibilidade em certos casos, mas a maior quantidade de partículas suspensas também transforma o pôr do sol em belíssimas paisagens.

O Texas foi afetado de maneira moderada e as previsões indicam que o ar ainda fique empoeirado na região por uma a duas semanas. Os especialistas avisam para a população ter atenção especialmente às pessoas que já têm problemas respiratórios e procurar ajuda se necessário.

O lado positivo é que a camada de poeira deixa o ar muito seco e assim pode inibir o desenvolvimento de tempestades tropicais e furacões momentaneamente por onde estiver atuando.

Modelo de previsão mostra a presença de poeira sobre o Texas no início da semana. Crédito: NASA
Modelo de previsão mostra a presença de poeira sobre o Texas no início da semana. Crédito: NASA

Modelo de previsão mostra a presença de poeira no Texas no dia 15, em quantidade menor na comparação com o início da semana. Crédito: NASA
Modelo de previsão mostra a presença de poeira no Texas no dia 15, em quantidade menor na comparação com o início da semana. Crédito: NASA

Modelos de previsão da NASA mostram para onde vai poeira. Neste caso, avançou sobre o leste do Texas desde o início da semana.

Ouça o podcast Pantanal: a catástrofe ambiental de 2020 pode ser repetir?



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021