Quarta-feira, 26 fev 2020 - 11h24
Por Maria Clara Machado

Vulcão Popocatépetl em alerta amarelo após novas explosões

O vulcão Popocatépetl, localizado a menos de 100 quilômetros da Cidade do México, voltou a entrar em atividade na última terça-feira. Novas explosões foram registradas e o El Popo, como é popularmente chamado, permanece em alerta amarelo pelo Centro Nacional de Prevenção de Desastres (CENAPRED).

Explosão ocorrida na cratera do vulcão Popocatépetl no dia 25. Crédito: Webcams de México.
Explosão ocorrida na cratera do vulcão Popocatépetl no dia 25. Crédito: Webcams de México.

Duas explosões aconteceram, uma moderada e uma de menor intensidade entre a madrugada e o amanhecer do dia 25. A explosão mais forte lançou uma grande nuvem de cinzas e gases, que acabou se dispersando em direção ao nordeste da região, lado oposto ao da capital. Além das explosões, foram registrados 241 minutos de tremor, de acordo com o monitoramento do CENAPRED.

Veja as imagens da explosão do Popocatépetl no dia 25 de fevereiro:

Outras explosões pequenas e tremores já vinham sendo registrados pelo menos desde o fim de semana. Um sobrevôo de reconhecimento foi realizado no dia 18 de fevereiro, com apoio da Guarda Nacional, para observar as condições do vulcão. A cratera interna mantém o diâmetro de 350 metros e uma profundidade aproximada de 100 a 150 metros, sem alterações significativas. As características não indicam uma intensa erupção a caminho, mas as explosões devem continuar.

Popocatépetl em alerta amarelo
O Popocatépetl permanece em aviso vulcânico amarelo. O CENAPRED avalia que ainda podem ocorrer mais explosões, porém de baixa e intermediária escala nos próximos dias.

Há perigo de queda de fragmentos e risco de fluxos de lama e detritos a curto alcance. Alguns chuveiros de cinzas leves a moderados também poderão ocorrer em cidades próximas.

A Coordenação Nacional de Proteção Civil proíbe a permanência da população num raio de 12 quilômetros da montanha nesta situação e tem recomendações específicas para áreas que possam ser atingidas por cinzas. Por exemplo, cobrir o nariz e a boca com lenço, fechar as janelas e permanecer dentro de casa.

Saiba mais sobre erupções vulcânicas no canal apolochannel:



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021