Anônimo    jose bonifacio - SP em 28/10 - 13h23   
ola amigos...furacão Sandy promete bola da vez esta semana,a NOAA alerta e teme que Sandy possa vir a ser a maior tempestade ja registrada no pais se chocar-se com uma frente fria em curso pelo interior do EUA ...Sandy deve atingir uma das regioes mais povoadas e ricas do mundo certamente causando muitos prejuisos e possiveis vitimas. Sandy ja matou 66 pessoas em sua passagem pelo Caribe,portanto fiquemos de olho nessa mega-tempestade

Anônimo Passos-MG comentou em 29/10 - 09h51
Atualizado, a coisa ta feia por lá.
Link

Anônimo Passos-MG comentou em 29/10 - 09h45
No final do video o reporter ta no meio da neve, vejam isto, furacão com neve.
Link

Anônimo Mauá-SP comentou em 29/10 - 09h00
Bom dia a todos. Meire, sabe se há alguma webcam nesta área de evacuação voltada para o Mar?
Anônimo Volta Redonda-RJ comentou em 29/10 - 00h19
Nova York em alerta!!! Pregão de NY fechado por causa do Furacão Sandy, isso não acontece a 27 anos. Transportes públicos parados até a passagem do Furacão...Os vôos estão sendo cancelados...O presidente Barack Obama estimou que 50 milhões de pessoas sejam afetadas...Hoje ainda os Novayorquinos estavam estocando comida em casa...A situação esta tensa por lá...

Os meteorologistas estão esperando grandes danos e um aumento gradativo da categoria do furacão Sandy... Eles dizem que alem do encontros de massas frias e quentes com o continente o furacão chegará junto com a lua cheia aumentando ainda mais a maré...Ufa, quanta coisa acontecendo por lá!!!Vamos torcer para que os danos sejam mínimos, e que tudo ocorra sem Vítimas!!!

Anônimo São Paulo-SP comentou em 28/10 - 22h36
Li que o pessoal do NOAA classificou o potencial de danos em 5.8 numa escala de 6. Uau!
Anônimo São Paulo-SP comentou em 28/10 - 22h24
É isso aí, Sandra! Até quarta saberemos.
Anônimo Santos-SP comentou em 28/10 - 21h30
Faz mais de uma semana que estou torcendo por isso, Astroman. Espero que no máximo chegue a uma Irene. Porém, ai entra o jogo dos improváveis. Essas tempestades possuem uma espécie de "vida" própria e como qualquer vida sabe que tem início, meio e fim, mas tenta por todos os meios continuar em ação. Geralmente esses furacões se desfazem quando vão encontrando as águas mais frias, é esse seu destino se não encontrarem nada no caminho que os ajude a se alimentar. Nesse caso, Sandy encontrou em sua rota uma espécie de barreira, esse sistema de alta pressão, que a impediu de seguir o seu rumo natural e como ainda estava forte seguiu por onde encontrou passagem, rumou para oeste. Fez essa curva que estranhamos. Só que nesse caminho já existia uma fente fria em ação, e como um bom amigo, puxou Sandy para dentro do Continente. Ou seja, três fenômenos naturais que se unem. Não é normal, mas, tudo é possível de acontecer. Para piorar o quadro, tudo isso se dá na lua cheia, onde as marés estão altas e dificulta a evacuação das águas.

Mas, vamos continuar torcendo para que o mínimo aconteça. Como a Meire postou, a prevenção está sendo realizada. Isso é o mais importante.

Anônimo São Paulo-SP comentou em 28/10 - 21h15
Obrigado Sandra! Estava procurando algo que relacionasse a Gulf Stream com a Sandy. Achei somente algo que diz que as águas quentes do Caribe do Golfo do México irão alimentar de mais força a tempestade antes da chegada ao continente. A tipicidade da Sandy se refere somente à sua origem de formação comum à todas as outras. Seu caminho e força não são típicas e isso aguçou minha curiosidade e tentar relacionar a incidência de neve na Europa com sua passagem. Mas pode se transformar num Isaac e não ser tão ruim como se pensa. Assim espero.
Anônimo Santos/SP-SP comentou em 28/10 - 21h05
Mapa da zona de evacuação. Nas áreas masrcadas em vermelho a evacuação é obrigatória.

Fonte:TNYT

Anônimo Santos-SP comentou em 28/10 - 20h15
Astroman, aqui está a resposta de sua pergunta: "Sandy é um típico furação formado sobre as águas quentes do Atlântico e deveria seguir seu caminho normalmente em sentido nordeste até se dissipar na altura da costa do Canadá. No entanto, uma zona de alta pressão estacionada no Atlântico norte impede que a tormenta siga seu caminho, forçando-a em direção oeste rumo à costa leste dos EUA.

Além desse sistema, uma frente fria em movimento pelo interior do país ajuda puxar Sandy para dentro do continente, o que resultará em um choque entre o furacão, a frente fria e o sistema de alta pressão."... Acabou de ser publicada no Apolo 11. Matéria completa aqui [Ver site]

Anônimo São Paulo-SP comentou em 28/10 - 19h28
Será que poderia se supor que algo ocorreu de diferente com a Corrente do Golfo, permitindo que a Sandy tivesse um trajeto bem diferente do usual? Digo isso por causa das notícias de muita neve por grande parte da Europa e por ser ela a responsável por levar um "calorzinho" até aquela região. Uma mudança de temperatura fora do habitual para a época ou mudança nas correntes? Penso que os dois eventos poderiam estar relacionados tendo a Corrente do Golfo como elo de ligação. Estou cogitando a possibilidade e não, afirmando.
Anônimo Santos-SP comentou em 28/10 - 15h55
Estava uma temporada tao calma até agora. As maior parte das vítimas estavam no Sul do Haiti, onde houve uma inundação relâmpago. Pelo que estava lendo, a Sandy se fundiu com uma corrente de ar ártico o que fez aumentar a sua força. Em Nova York, devarão ser evacuados 370.000 mil moradores que moram em áreas mais baixas, vamos acompanhando.













Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade