Anônimo    Santana do Livramento - RS em 15/02 - 09h50   
Astrofísico explica que meteorito que caiu na Rússia era composto por gelo rtp.pt/noticias/index.php?article=628197&tm=7&layout=123&visual=61

Anônimo Vitória-ES comentou em 16/02 - 17h23
Viviane, o objeto que caiu na russia não foi detectado. Se fosse detectado com antecendencia,de alguns dias, certamente teriamos o local provavel de sua queda.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 22h42
O dano poderia ter sido maior visto que na área em torno de Chelyabinsk há depósitos de armas químicas e nucleares. Há cerca de 100km de distância, em Shchuchye, existem depósitos de rejeitos nucleares, armas de plutônio e 6.000ton de gases, incluindo Sarin. Isso representa 14% das armas químicas que a Rússia se comprometeu a destruir. FoxNews
Anônimo Caucaia-CE comentou em 15/02 - 21h41
Saudações a todos. Gostaria de saber se este asteroide não foi visto por algum observador, e se foi, não deu tempo de informar devido sua alta velocidade? Grata.
Anônimo Santos-SP comentou em 15/02 - 19h31
Achei muito legal esse link [Ver site] com um mapa interativo mundial de locais atingidos por meteoritos. Ao menos o que se tem notícias e confirmados pela ciência.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 18h03
O número parcial de feridos já atinge 1200, 200 são crianças, suspenderam as atividades públicas como escolas devido aos danos que é amplificado pelo frio de -18ºC. Há uma declaração dos cientistas locais de que não excluem a possibilidade de uma nova queda de meteoros em outras regiões da Rússia na noite de sexta para sábado.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 17h50
Cientistas avaliam que a energia liberada foi maior do que a da bomba nuclear recém testada pela Coréia do Norte. Foi o maior objeto desde Tunguska.
Anônimo Boa Vista-RR comentou em 15/02 - 14h57
Não tinha visto que já tinha o vídeo noutro comentário, perdão!
Anônimo Boa Vista-RR comentou em 15/02 - 14h56
Para vocês, a força do choque produzido pelo meteoro:
Link

Anônimo Macaé-RJ comentou em 15/02 - 14h32
Só para não deixar dúvidas, o que tenho visto é o seguinte: Ou as autoridades sabem do evento e divulgam, ou não sabem. Infelizmente, com a tecnologia à disposição, é impossível prever eventos como este da Rússia.

A título de curiosidade, em junho de 2010 houve um evento semelhante, mas de menores proporções, na região da divisa dos estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro, tendo sido encontrados meteoritos na cidade fluminense de Varre e Sai. Sugiro ao Rogério disponibilizar um link sobre o assunto.

Anônimo Santos-SP comentou em 15/02 - 14h17
Muito boa essa imagem, Vinicius. Como vc disse, "na hora certa e no lugar certo".
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 14h07
A decisão de avisar ou não quanto a uma catástrofe próxima deve incluir muitas variáveis, incluindo se vale a pena ou não avisar dependendo do grau da ameaça. Conceitos éticos e filosóficos quanto a vida também devem fazer parte do processo de decisão da entidade ou do indivíduo que detem a informação. Quando confrontados com uma decisão semelhante mas em escala menor, a NASA optou por não avisar os cosmonautas da Columbia quanto as chances de sobreviverem à reentrada na atmosfera sem parte da proteção necessária que lhes garantiria sobreviver. A NASA sabia que nãp havia chance mas tentaram até o fim alguma coisa. O filme MELANCOLIA aborda esse assunto mostrando a reação de alguns personagens a um aviso que teria sido dado de que o GAME OVER estava a caminho. É um assunto muito interessante.
Anônimo Vitória-ES comentou em 15/02 - 13h47
Concordo Sandra.
Anônimo Lindoia-SP comentou em 15/02 - 13h42
No site que eu citei abaixo [Ver site] entre 12:05 GMT e 12:21 GMT tem uma foto do meteorito logo após a entrada na atmosfera, feita por um satélite meteorológico. Esse estava na hora certa e no lugar certo! Bela foto!
Anônimo Santos-SP comentou em 15/02 - 13h41
Bem, uma informação relevante deve ser dada sem causar pânico. Isso acontece quando essa informação é divulgada por quem tem competência para tal. O que provoca pânico é a boataria organizada, a especulação e falta de conhecimento. Isso tem causado mais estragos do que os eventos em si.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 13h36
É bem isso Vinicius. Assumi que as pessoas já saberiam que ondas de choque quebram vidros. Falhei em não completar a informação quanto a natureza dos estragos citados.

Há 8 mergulhadores com roupas especiais pesquisando o fundo de um lago onde teria caído um fragmento.

Administrador São Paulo-SP comentou em 15/02 - 13h27
Tamanho estimado do meteorito- Pelas características e extensão dos estragos é possível afirmar que o bólido que caiu na Rússia nesta sexta-feira tinha aproximadamente 5 metros ou mais de comprimento e não 1 metro como estimado inicialmente.

A análise de várias câmeras e o tempo de propagação da onda de choque indicam que a ruptura ocorreu entre 10 mil e 15 metros de altitude.

Até agora, pelo menos 3 possíveis áreas de impacto foram identificadas pelas autoridades russas.

Anônimo Lindoia-SP comentou em 15/02 - 13h26
Astromam, veja neste site [Ver site] o que esta escrito as 13:02 GMT. Acho que os vidros quebrados equivalem a 100 mil metros quadrados.
Anônimo Itajaí-SC comentou em 15/02 - 13h21
Concordo com o jvcastro,

Melhor pecar por excesso do que por omissão.

Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 13h08
A onda de choque causou estragos numa área de 100.000m2. Pelo menos já sabemos os danos que um objeto, originalmente de 50ton, pode causar ao se fragmentar sobre áreas urbanas..
Anônimo Cachoeiro de Itapemirim-ES comentou em 15/02 - 13h07
Tem alguem de lisboa- portugal ai pra eu perguntar uma situação que li e gostaria de saber se é verdade ?
Anônimo Macaé-RJ comentou em 15/02 - 12h55
Vamos raciocinar: uma informação relevante, que possa causar pânico na população, não é divulgada, e assim deixa-se a população à mercê da surpresa. E isso não causa pânico. Desculpem, mas não faz sentido.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 12h54
O RT tem foto de pequeno buraco no gelo causado por fragmentos. Reporta também 2 feridos em estado grave, 950 feridos e 110 hospitalizados. Dos feridos, 159 são crianças. São 3 os pontos de impacto de fragmentos localizados até agora.
Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 12h51
a reuniao do G20 esta sendo realizada hoje em Moscou.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 12h35
Segundo o Pravda, a fábrica teria sido atingida por fragmentos.
Administrador São Paulo-SP comentou em 15/02 - 12h29
Aqui um link explicando porque os asteroides pequenos são difíceis de serem detectados. [Ver site]
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 12h29
O Pravda reporta que há 3 aeronaves e 20.000 funcionários do Ministério para Situações de Emergência - EMERCOM - enviados para o local.
Anônimo Vitória-ES comentou em 15/02 - 12h21
Mauricio, achei ótimo o link que abriu essa postagem. Valeu!
Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 12h15
se fosse acontecer algo o exercito ja estaria de prontidao!!! em varias partes do mundo.
Anônimo Uberaba-MG comentou em 15/02 - 12h12
muita coincidência não acham?Ele caiu numa fabrica , já tem foto da fabrica e da fumaceira,vamos aguardar até as 17 horas e pagar pra ver.
Anônimo Santos-SP comentou em 15/02 - 12h10
Relamente está tudo ainda muito confuso e recente. Tanto que estou lendo notícias que nem sabem distinguir a diferença entre meteoro, metorito e meteoróides, conceitos básicos. Também não quero dar uma de advogada da NASA, mas geralmente esses fragmentos são muito pequenos para serem detectados. Vamos esperar para ver se sobrou algum pedacinho.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 12h06
Há uma matéria na TIME em que, pelo que entendi, asteróides que estão na direção do Sol são mais difíceis de detectar. De qualquer maneira este acontecimento mostra o quanto somos frágeis e o quanto estamos desprotegidos. Zilhões foram gastos em missões a outros planetas e nada em estratégia de defesa contra esses objetos capazes de nos fazer o que já foi feito aos dinossauros. Intrigante como são tomadas as decisões orçamentárias de agências de governos.
Anônimo São Paulo-SP comentou em 15/02 - 12h01
Alguns sites reportam de 500 à 950 feridos, a maioria por vidros quebrados, cerca de 300 prédios da região estão sem janelas o que é um problema pois a temperatura por lá é muito baixa. O exercito Russo já despachou tropas para as regiões afetadas e estão tentando localizar uma possível cratera, por enquanto, 3 municípios decretaram estado de emergência.
Link

Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 12h00
Não quero ser acusado de teorias conspiratórias mas a impressão que tenho é de que qualquer informação relevante, que cause pânico na população, jamais seria revelada.
Anônimo Cuiabá-MT comentou em 15/02 - 11h56
e a NASA não viu isso ? ou omitiu ? acho muito zuado isso.. espero realmente que não existam falhas nos cálculos na passagem do DA14.. pq os Russos já devem duvidar.
Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 11h55
Segundo essa ultima noticia fragmento do meteoro teria caido em um lago. Me pareceu que o reporter falou em baixas. Melhor esperar por maiores noticias, por enquanto a coisa esta meio confusa.
Anônimo São Benedito-CE comentou em 15/02 - 11h55
acredito que não tenha a ver um com o outro, mas que da medo da!
Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 11h50
Numero de feridos com o meteoro já chega a 700. rtp.pt/noticias/index.php?article=628295&tm=7&layout=122&visual=61
Anônimo Capinzal-SC comentou em 15/02 - 11h26
Desculpem, não foi o link....
Anônimo Capinzal-SC comentou em 15/02 - 11h25
Nesse site existem mais informações atualizadas sobre o impacto do meteoro/meteoróide: [Ver site]
Anônimo Itajaí-SC comentou em 15/02 - 11h15
Coincidências ou será que a geografia da Rússia a deixa mais propícia para esses eventos? Só sei que a Rússia já foi "premiada" pelo evento em Tunguska(lá no passado remoto), agora esse meteorito...
Anônimo Porto Alegre-RS comentou em 15/02 - 10h40
Imagine se não fosse gelo o quanto valeria esse fragmento? Tanto em valor de pesquisa quanto monetário.
Anônimo Caucaia-CE comentou em 15/02 - 10h26
O local onde foi realizado o vídeo fica a 80 km do local do impacto na estratosfera,medi a diferença de tempo entre o som da explosão e da chegada da onda de choque, foi um intervalo de seis segundos, muito rápido, a violência na explosão ficou muito evidente. E foi um meteoroide de gelo.
Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 10h20
alguem ja viu o filme armagedom e impacto profundo, sempre antes do asteroide tinha uma chuva de meteorito, acredito q este meteorito esteja relacionado com o asteoride de hoje.
Anônimo Caucaia-CE comentou em 15/02 - 10h16
Vi em um vídeo o registro da onda de choque, foi intensa e provocou danos e ferimentos ao quebrar os vidros, o pânico foi grande.Alguém já tem alguma imagem do local exato onde ele se desintegrou? Pois se foi um de gelo não houve impacto, e se não houve impacto não se configurou como meteorito, mas um meteoroide.
Anônimo Caucaia-CE comentou em 15/02 - 09h58
Poderiam ser parcelas de um cometa?
Anônimo Santana do Livramento-RS comentou em 15/02 - 09h54
Especialista admite que passagem de asteroide esteja relacionada com queda de meteorito rtp.pt/noticias/index.php?article=628242&tm=7&layout=123&visual=61













Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade