Charles k    Jacinto Machado - SC em 22/03 - 14h05   
Boa Tarde!

Dia 24 de março de 2014 irá completar 10 anos do chamado Furacão Catarina. Que na verdade foi um ciclone, que se formou devido a combinação de alguns fatores, entre eles a da alta temperatura mar x pressão atmosférica.

Minha cidade foi uma das que ficaram no dentro do "olho" do ciclone quando avançou para continente. Algumas vidas ceifadas e muitos danos irreparáveis, tanto material como emocional.

Algo até então, inédito, lindo, magnífico, impressionante, assustador e apavorante para quem teve a oportunidade ou a insatisfação de poder presenciar esse fenômeno.

Por duas horas emocionantes e apavorantes, entre 12:00 e 2:00 da manhã, minha região ficou no "olho dele", aí começou o show ou o pesadelo, ventos que até então vinham em rajadas, se intensificaram e eram extremamente fortes e contínuos, atingindo uma velocidade de 180 km/h.

Muitos danos econômicos e emocionais e perdas irreparáveis, um fenômeno metereológico sem precedentes.

Sem energia, água, sem comunicação, durante e após o evento, ós rádios a pilha eram objetos valiosos para saber da situação, pois era o único meio de comunicação!

Então, será que estamos livres de um novo evento como este? Qual a lição que foi dada por ele? Pelo que estamos vivenciando não esta descartado esta hipótese....

Fica aqui o meu registro!!!

carlos eduardo santos-SP comentou em 22/03 - 20h52
Boa Noite!

Tivemos tambem a tempestade subtropical Arani em 2011.

everton dos santos Vitória-ES comentou em 22/03 - 15h01
Por que não chamar de Furacão? Sobre outros eventos, vale lembrar que também em 2004, em Janeiro, ocorreu uma depressão Tropical(se não me engano) na costa da Bahia. E em Março de 2010 se formou a Tempestade Tropical Anita, que por pouco, não atingiu o nível de furacão.
Charles k Jacinto Machado-SC comentou em 22/03 - 14h06
""Furacão Catarina"













Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade