Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Cairo Bizinotto      
BOM DIA A TODOS. ALGUÉM SABERIA ME DIZER PORQUE ESTÁ DEMORANDO TANTO PARA CHOVER NA MINHA REGIÃO (TRIÂNGULO MINEIRO). AS CHUVAS PARECE QUE SE ESQUECERAM DESTA REGIÃO. SEMPRE OLHO NA INTERNET E TEM PREVISÃO DE CHUVA MAS ELA NUNCA QUE CHEGA. EXISTE ALGUM SITE SEGURO DE PREVISÃO DE TEMPO? MUITO OBRIGADO A QUEM SE DISPOR EM ME RESPONDER. UM FORTE ABRAÇO A TODOS.
Marcos Passetti comentou
ola Cairo...postei alguns dias atras que o El Niño nao se configurou,isso acaba interferindo no regime de chuvas,se fala muito dos efeitos do El Niño e de La Niña,e pouco se fala dos efeitos de neutralidade das aguas do Pacifico,que para o sudeste coloca-se como chuvas dentro da media,só que para grande parte do interior do brasil ocorre o atraso da implantação do regime de chuvas,mas depois tudo se normaliza..."ressalva"uma coisa tem me chamado a atenção,sao as aguas do atlantico sob a costa brasileira um pouco fria demais,isso inibe a atuaçao dos sistemas....a boa noticia é que tem previsao de chuvas ai no triangulo entre quinta e sexta feira com volumes baixos...
FAbiano comentou
Boa tarde, aproveitando o post sobre o tempo, quanto em relação ao fenômeno Elnino foi desfeita a previsão, por causa que o aquecimento das águas equatoriais do pacífico não chega a um patamar para se caracterizar Elnino e tudo indica a previsão de neutralidade até meados de 2013 ( Inicio), sendo que o volume de chuva para região sudeste no consenso do meses de novembro, dezembro e janeiro de 2013 indica probabilidade para 3 categorias ( normal, acima do normal e abaixo do normal), quanto as temperaturas, se manterão dentro da normalidade climatologica, sendo que se o consenso aponta para 3 categorias de volume de chuva, isso indica irregularidade na distribuição das chuvas, ocorrendo em excesso em alguns lugares e pouco em outros.
FAbiano comentou
Como o marcos já disse tem bons prognosticos de chuva para o triangulo mineiro, aqui no noroeste paulista são esperados até 200mm até o dia 11.
Cairo Bizinotto comentou
Muito obrigado pelas respostas. Vamos ficar na expectativa então. Tomara que, mesmo em pequeno volume, as chuvas comecem na quinta. Um forte abraço a todos.


    2
Astroman      
É impressão minha ou os temporais com granizo se tornaram moda? E os "estilistas atmosféricos" estão dando preferência a pedras bem grandinhas né? Nossa atmosfera parece estar se manifestando de forma mais intensa. Devemos estar em meio a um novo ciclo natural normal que o planeta passa de tempos em tempos.
Armando Costa comentou
Siclo "NORMAL" perigoso esse hein...
Sel comentou
Aproveitando o Post, alguém tem informação sobre uma suposta nova super tempestade na costa leste de USA prevista para próxima 4a feira? Agradeço!
Astroman comentou
Está se desenvolvendo na costa das Carolinas. Poderá ter ventos sustentados com velocidades entre 50-60km/h e máximas de 95km/h. A água poderá subir entre 0,7m e 1,2m. Autoridades locais já avisaram a população quanto a quedas de energia e pediram para que se reabasteçam. Obrigado por aproveitar o post.
Sel comentou
Sim Astroman, recebi estes informativos também que estão disponíveis na imprensa aberta, porém nenhuma das agências enviou ainda notificação. Marcos Passetti, alguma news sobre? Grata.
Administrador comentou
Aqui estão os boletins emitidos pelo NWS, dos EUA. [Ver site]
Sel comentou
Grata Rogério! :)
Astroman comentou
Sua solicitação não pedia notificação e/ou confirmação de agências, Sel. . Perdão por não ter sido mais específico como desejava.
everton dos santos comentou
A situação é delicada. A previsão da tempestade Nor'easter já indica a possibilidade de rajadas de vento em torno de 100 km/h. Os modelos indicam chuva moderada a intensa com possibilidades de inundações. E com neve podendo aculumar até 4 polegadas em Nova Jersey e 12 polegadas na Pensilvânia. Isso em uma região já debilitada deve ser caotico.
Astroman comentou
Eu mesmo respondo ao meu questionamento aproveitando o post sobre o assunto "tamanho do granizo" : pelo que pesquisei o tamanho das pedras de granizo está ligado à temperatura na estratosfera, onde se formam. Quanto mais alto na estratosfera, mais frio (até -50C) e maiores as pedras. Me corrijam se estiver errado. Vou pesquisar se há algo sobre maior incidência de chuvas desse tipo atualmente. Agradeço antecipadamente aos que puderem colaborar.
Astroman comentou
Estudo de 1967 do Departamento Metereológico do Leste Africano em Nairobi - Quênia sobre a Incidência de Granizo nos Trópicos tabulou somente 8 tempestades deste tipo em 18 anos, todas no Sudeste do país. As informações foram fornecidas ao autor do "paper" pelo Serviço Metereológico do Brasil. Mais informações aos que se interessarem podem ser encontradas pesquisando por "hail incidence in the tropics". AMS Journals Online. Vou pesquisar por estudos mais recentes mas esse serve como base.
Astroman comentou
Em Janeiro de 2012 um grupo seleto de especialistas em granizo se encontraram em Willis, em Londres, para discutir formas de modelar o risco do granizo em vários níveis, inclusive para servir ao setor de seguros. Um modelo global de risco pelo granizo deverá ser desenvolvido. As info foram achadas em site de estudos HARVARD. Minha curiosidade pelo assunto parece encontrar eco entre outros que observam, questionam, pensam e desenvolvem a ciência.
Tiago Carone comentou
Pergunta: Com o derretimento do Ártico, há mudanças nas correntes marítimas e no vento? Se sim, essas mudanças ocorrem rapidamente?
Astroman comentou
Um estudo da WWF diz que a temperatura por lá aumento o dobro da média global nas últimas décadas. O derretimento do gelo do mar libera dióxido de carbono e metano alimentando o "rompimento" de correntes atmosféricas e oceânicas. As consequências mais imediatas para a Europa e América do Norte seria a alteração no regime de chuvas e temperaturas. A fonte onde achei essas infos cita um estudo: "Artic Climate Feedbacks Global Implications".


    3
M. Ianner      
Boa Tarde Queria dar parabéns à matéria do Apolo XI, sobre "Vida na Terra". Isto me fez pensar que se alguns cientistas FOSSEM extraterrestres e ESTIVESSEM fazendo esta busca de vida na Terra, certamente concluíram "pela IMPOSSIBILIDADE DE VIDA neste REMOTO PLANETÓIDE..." Brincadeiras à parte, foi muito interessante a matéria.
Léo Galvão comentou
Gostei da matéria também!!! :D
Armando Costa comentou
Boa matéria mesmo!!! A questão seria se eles nos considerariam uma forma de vida inteligente... Um planeta tão especial e tão raro, sendo maltratado dessa forma por nós humanos...
Alisson David comentou
Vai ver eles diriam que somos uma praga mesmo. hahaha
Astroman comentou
Ao observarem que usamos guardachuvas, eles certamente continuariam suas pesquisas sem considerar que sejamos nada mais que formigas desinteressantes. Talvez se apresentássemos um smartphone ou um tablet eles passassem a nos considerar um carrapato. Talvez.
Armando Costa comentou
Os carrapatos respeitam melhor os outros carrapatos...^^
Tiago Carone comentou
Tem um video no youtube do filme "Missão Marte"..eu acho fantástica a explicação de como a vida veio pra Terra..


    4
Astroman      
Tempestades como a Sandy deverão se formar com maior frequência devido ao aquecimento da atmosfera e dos oceanos. É o que diz James Renwick, especialista em mudança climática da Victoria University, Nova Zelândia. Fonte: 3news. Em outro texto tem uma informação que eu desconhecia: a elevação do nível do mar em cidades como NY, Boston e Norfolk é 4 vezes maior que a média global, favorecendo maiores estragos. Fonte: Nature Climate Change journal.
Astroman comentou
A formação do sistema de alta pressão que bloqueou Sandy e a empurrou para um caminho não usual poderia ser atribuída ao "rompimento" de um jet stream ,rompimento este, causado pelo derretimento maciço no Ártico observado neste ano. Fonte: The Australian. Esse assunto é muito controverso e há os que consideram que Sandy foi formada por condições difíceis de se repetir e que nada tem a ver com o aquecimento global. Cada um, dentro da liberdade de pensamento que tem que tire suas próprias conclusões. Em ciência, as verdades são verdades até deixarem de ser.


    5
masa      
Eu sempre olho no google earth como está o tempo... é um hábito, faço isso há anos. Há duas semanas percebi uma alteração, uma nuvem acinzentada nos polos... Hoje está em todo o planeta. É um problema no site ou tem alguma coisa estranha acontecendo?
Astroman comentou
Oi masa, tudo bem? Gostaria de ter acompanhado como você para poder ter uma opinião. Fica difícil opinar sem ter o mesmo tempo de observação que te permitiu concluir que há algo fora do padrão do que vem observando. Gosto muito de pensar e pesquisar sobre eventos que fogem de padrões. Abraço.
Tiago Carone comentou
Como ve o tempo no google earth? eh no programa mesmo???
Junior comentou
Bom dia! No box de camadas, na parte inferior esquerda, tem varias opções de camadas, entre elas tem a de clima. É so clicar ao lado da caixinha de marcar que vai abrir os submenus, e nele há o nuves, marcando já carrega as nuves. Segue um print com instruções.
Westmoraes comentou
A título de colaboração, como não é possível colocar links, colei abaixo alguns detalhes copiados na "Ajuda" do Google Earth: A camada "Clima" exibe as condições climáticas atuais e pode ser expandida para ver os seguintes itens: Nuvens - Permite visualizar o padrão atual de nuvens da Terra. Se você não conseguir ver as nuvens, tente diminuir o zoom. Radar - Exibe imagens de radar de condições de chuva, neve e gelo de acordo com: Condições e Previsões - Mostra a temperatura atual em Farenheit e Celsius junto com um ícone de clima no visualizador em 3D. Selecione esse ícone e um balão pop-up é exibido com uma previsão detalhada. Informações - Fornece detalhes sobre a camada "Clima" incluindo os horários da imagem de nuvens e do radar atuais. As informações sobre o clima são fornecidas por weather.com e Weather Services International.
Alisson David comentou
Também notei isso, mas deve ser a época. Nao tenho uma explicação tambem, mas as imagens estao muito diferentes, nao sei o que é esta nuvem.
Sales comentou
Eu também notei, outra coisa que eu achei estranho é um enorme X entre Brasil e Africa, tem alguma explicação achei Bizarro.
Raphael Cozzi comentou
Sales, o que você chama de enorme "X"? é alguma formação de nuvens? É algo no mar?
FAbiano comentou
Olha quanto ao X arrisco um palpite particular, pode ser aonde está localizada a anomalia magnética na atmosfera.
Administrador comentou
O que é anomalia magnética na atmosfera?
masa comentou
O x que o Sales falou deve ser assim, igual a esse da foto do dia 06/10/2012
FAbiano comentou
deculpe o erro, associei a AMAS-Anomalia Magnética do Atlântico sul. :(
Administrador comentou
Se for esse X significa que não há imagem disponível. Bem que o Google podia colaborar e não confundir.
Meire Ruiz comentou
No momento o minhas imagens estão normais.
Administrador comentou
Meire: provavelmente porque as imagens faltantes foram processadas e inseridas nas camadas.
Meire Ruiz comentou
OK!
Tiago Carone comentou
Aproveitando, quem tem aparelho Android tem um aplicativo da NASA's Jet Propulsion Laboratory que chama Earth Now que mostra temperatura do ar na superfície, dióxido de carbono, monóxido de carbono, ozônio e vapor de água, bem como variações de nível de gravidade e mar.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade