Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
everton dos santos      
Bom dia! O salto de Felix Baumgartner a partir da estratosfera está marcado para as 10:30 de hoje no horario de Brasilia. O vento já causou o atraso do lançamento e não há garantias de que ocorra. Mas é bom ficar atento. [Ver site]
everton dos santos comentou
Obs: Assim que eu postei, veio nova previsão - porvolta de 11:45 BRT.
Drika comentou
Bom dia Everton! Tem algum site em que possamos acompanhar? Grata!
Drika comentou
Aff! Desculpe aí! Só depois que percebi que a imagem ao lado é a transmissão ao vivo.... "que burra, dá zero pra ela!" rsrsrsrsrs
everton dos santos comentou
Balão com a capsula já está no ar!
Armando Costa comentou
Muito empolgante ^^ Espero que corra tudo bem!
everton dos santos comentou
12:45 -- 6 km de altura. ainda faltam 30km
Vania C. comentou
Bom dia a todos! Acompanhando o salto de Felix Baumgartner. Obrigada Everton
everton dos santos comentou
20 km de altura. Temperatura externa de aproximadamente 65° negativos. Faltam 16km. ## Drika, sem problemas
Armando Costa comentou
Nuss e eu achando que aki em Volta Redonda RJ estava frio!!! 16 graus aki um vento danado, agora la com 65 negativos!!! Muita coragem do Felix Baumgartner ...
everton dos santos comentou
As imagens no link do g1 estão 1 minutos adiantadas em relação ao link do youtube. fica ai como alternativa [Ver site]
everton dos santos comentou
Faltam 3 km p/ o salto. Ele já superou a altura do maior salto que havia registro.
Armando Costa comentou
Eita falta pouco!!! Felix Baumgartner entrando para a Historia!!!
Meire Ruiz comentou
Upa! Chegando para acompanhar!!
everton dos santos comentou
Já está em 37500 metros. Salto liberado.
everton dos santos comentou
O salto vai ser de 38900, 2km a mais do que a previsão.
Meire Ruiz comentou
Pelo Twitter Felix Baumgartner conta que foi o último twiter dele...
Meire Ruiz comentou
...pois não pode mais twittar, pois está do lado de fora! :o
Armando Costa comentou
Quando ele pulou, o Felix girava tanto que parecia ate uma bexiga cheia de água^^... Mas parabéns pra ele^^ Muita coragem^^
Sel comentou
Record batido! 38 mil metros! :)
Meire Ruiz comentou
Ufa!!! Conseguiu!! o/
Armando Costa comentou
Muito bom mesmo!!!
Administrador comentou
Show! Já sabem se quebrou a velocidade do som?
Alencar comentou
Acompanhei até quando mostrou 1.173 de velocidade deve ter quebrado a barreira do som! Parabens Felix!
Douglas Oliveira comentou
Acho que ele não conseguiu quebrar a barreira do som, porque a velocidade no canal da RedBull foi marcada em 1,217km/h e a velocidade do som é 1224km/h. Só não sei se na altitude em que ele estava fica menor, porque esse cálculo que eu fiz é ao nível do mar. Abraço!
Meire Ruiz comentou
Ainda deve haver a confirmação se ele quebrou a velociade do som que é de 1.100 km/h.
Meire Ruiz comentou
Romper a velocidade do som não produz um estrondo ??! Não riam rsrs
Administrador comentou
Sim, produz um estrondo. É importante notar que a velocidade mostrada era estimada e não real. Também, a velocidade do som depende do meio em que este se propaga. Ao nível do mar o ar é mais denso que na estratosfera.
Douglas Oliveira comentou
Se não me engano sim, e faz um espécie de cone ao redor do objeto que quebra a barreira do som. No youtube tem alguns vídeos bem legais de aviões quebrando a barreira do som. :)
everton dos santos comentou
Enquanto isso, a Endevour está "agarrada" em uma rua menor que seu tamanho. [Ver site] e no canal ABC7.
Douglas Oliveira comentou
Segundo o site oficial da redbull, o austriaco Felix Baumgartner quebrou a barreira do som no salto livre, atingindo a velocidade de 1137km/h. A velocidade do som em condições normais e ao nível do mar é 1224km/h e na altitude do salto, ela pode ser ultrapassada na velocidade de 1110km/h. Abraço!
Administrador comentou
Obrigado pela informação! Apenas uma correção: Não é toda vez que o cone de condensação (Cone de Mach) se forma ao romper a "barreira" do som. Depende das condições atmosféricas no local, principalmente a quantidade de umidade presente no ar. Na maioria das vezes o cone não é observável.
Douglas Oliveira comentou
Agradeço a informação também! Eu achava que sempre se formava o cone, li pouco sobre o assunto, tenho que estudar mais. Abraço!
Armando Costa comentou
Ontem no Fantástico(TV Globo) foi informado que a barreira do som foi rompida. O programa informou que Felix Baumgartner atingiu a velocidade de 1337 KM/h.
Douglas Oliveira comentou
Realmente a maior velocidade atingida foi outra, segundo o site da RedBull Brasil, o Felix atingiu a velocidade de 1342,8km/h quebrando o recorde, os outros dois recordes foram de maior altura de salto, que foi de 39,045m de altitude e o terceiro foi de vôo de balão mais alto. Em Pelotas 22º com céu parcialmente nublado. Abraço!


    2
     
Administrador existe a eventual possibilidade de que um aumento na atividade no núcleo da terra resulte numa expansão deste núcleo com o consequente efeito na crosta e cause uma maior atividade vulcânica e seus sucedâneos, os terremotos?
Administrador comentou
Bem, pelo que eu saiba, a temperatura do núcleo é mantida pelo decaimento radioativo. Então, se alguma coisa tiver que acontecer por ali seria a diminuição da temperatura, provocada pelo enfraquencimento da atividade nuclear. Numa hipótese bem simplista, se o núcleo esfriasse por compleot os terremotos cessariam, já que as correntes de convecção que movimentam o magma deixariam de ser formadas.


    3
     
Interessante este texto traduzido de um artigo publicado na revista Nature o nome do artigo é No nível de rupturas de falhas ortogonais dos 11 abr 2012 terremotos intra-placa grandes A placa Indo-australiana está passando distribuídos deformação interna causada pela transição lateral ao longo de sua fronteira do norte-um ambiente de colisão continental a um arco de ilhas zone 1 subducção, 2. Em 11 de abril de 2012, um das maiores terremotos transcorrente já registrados (sísmica momento magnitude 8,7 Mw) ocorreu a cerca de 100-200 km a sudoeste da zona de subducção Sumatra. Ocorrência de intra-placa na grande falha transcorrente localizado ao largo de uma zona de subducção é incomum. É o resultado de noroeste-sudeste de compressão dentro da placa causado pela colisão continental India-Eurásia para o noroeste, em conjunto com a nordeste-sudoeste de extensão associado com as tensões de tração da laje como a placa sobrepressão Sumatra para o nordeste. Aqui usamos análises de ondas sísmicas para revelar que a 11 abril de 2012 teve um evento com uma extraordinariamente complexa ruptura de quatro falhas que durou cerca de 160 segundos, e foi seguido cerca de duas horas mais tarde por um tremor secundário (Mw 8,2) grande. A ruptura mainshock expandida inicialmente bilateralmente com grande deslizamento (20-30 metros) de um direito-lateral na falha transcorrente-trending oeste-noroeste para leste-sudeste (WNW-ESE), e depois ruptura bilateral foi desencadeada em um ortogonal-lateral esquerda transcorrente culpa tendência norte-nordeste a sul-sudoeste (NNE-SSW) que atravessa a primeira falha. Isto foi seguido pela ruptura para o oeste em um segundo WNW-ESE falha transcorrente deslocamento de cerca de 150 km em direção ao sudoeste da primeira falha. Por fim, a ruptura foi desencadeada em outro escalão en culpa WNW-ESE cerca de 330 quilômetros a oeste do epicentro cruzar a cordilheira Ninetyeast. O tremor grande, com epicentro situado 185 km a SSW do epicentro rompido bilateralmente em uma falha NNE-SSW. O falhamento complexo limita a nossa resolução da distribuição de deslizamento. Estes grandes rupturas numa rede de greve-derrapante falhas que se estendem através da crosta quilômetros e mais 30-40 no manto superior representam deformação da litosfera grande que pode eventualmente levar a uma fronteira localizada entre as placas da Índia e da Austrália. Acesso em 14/10/2012 em:


    4
     
Referente a outro artigo publicado sob o título: Ciências da Terra: Quando uma placa oceânica tectônica racha.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade