Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Dione Moraes      
ATIVIDADES NO ATLÂNTICO NORTE, DENTRO DS TEMPORADA DE FURACÕES 2027. FURACÃO OFÉLIA, CATEGORIA 2, 10° FURACÃO DA TEMPORADA. CONTINUAÇÃO DO JÁ PUBLICADO NO PAINEL GLOBAL E RADAR GLOBAL [Ver no Painel Global] ATUALIZAÇÃO 14/10/2017. Pelo Boletim do NHC das 5:00 horas, Ofélia permanece catrgitus 2, com velocidades de 161 Km/h (100 MPH), e pressão de 971 Mb. Movimenta-se cada vez naus rápido, agora a 38 Km/h, e a previsão é passar ao sul dos Açores, sábado à noite, com força de furacão, provocando muita chuva, ventos fortes, inundações e situação de extremo risco. Imagens - um olho bonito mas perigoso. Velocidade dos ventos: vermelho, vento de furacão, laranja, ventos de tempestade tropical .
Dione Moraes comentou
CORREÇÃO: LEIA-SE 2017.
Dione Moraes comentou
Imagens em tempo real (webcams), dos primeiros efeitos já proporcionados pela proximidade do furacão Ofélia, no Arquipélago dos Açores.
Dione Moraes comentou
MaiS imagens.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO, 14/10/2017 Ofélia agora r furacão categoria 3. De acordo com o Boletim dás 11:00 horas, Ofélia se fortaleceu muito, com ventos máximos sustentados de 115 MPH, ou 185 Km/h, e pressão mínima esta agora em 960 MB, Ofélia se torna o sexto maior furacão da temporada de 2017. Movimenta-se mais rápido, agora a 40 Km/h, ao sul dos Açores.
Dione Moraes comentou
Ofélia surpreendeu aó fortalecer-se e tornar-se um furacão categoria 3, coisa rara ao sul dos Açores. Portanto, qualquer enfraquecimento, tipo cat 1, ainda será um evento épico.
Dione Moraes comentou
Meus agradecimentos ao Picaroto por ter disponibilizado link para acesso a webcams nos Açores, assim, está sendo possível, acompanhar e faZer imagens em tdmpo real, dos efeitos resultantes da passagem do furacão Ofélia, agora categoria 3. As imagens mostram o quanto o mar já esta agitado, a chuva que atinge algumas regiões, com o aeroporto. Grande é a nebulosidade. Infelizmente, o auge da passagem será à noite, quando não será possível possível fazer imagens.
Dione Moraes comentou
OFÉLIA SE AFASTA DE AÇORES. De acordo com o IPMA, as 21:00 horas de sábado, o centro do furacão Ofélia começou a afastar-se dos Açores, a sudeste de Santa Maria, deslocando-se a 44 Km/h, porém, continua a influenciar o tempo nas ilhas de Santa Maria e de São Miguel. Ainda de acordo com o IPMA Ofélia, com categoria 3, passou pelos Açores, com vento médio de 185 Km/h e rajadas de 220 Km/h. Às 22:00 de sábado foram registrados 52 milímetros de precipitação acumulados em seis horas na ilha do Pico, do grupo central dos Açores, e 43 milímetros no Nordeste, em São Miguel. Na ilha de Santa Maria ocorreram quedas de árvores, obstrução de vias, pequenas inundações em habitações e a queda de um painel publicitário, mas sem maiores danos ou feridos.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 14/10/2017. De acordo com o Boletim das 23:00 horas, Ofélia continua um furacão categoria 3, permanecendo comi ventos de 185 Km/h e pressão mínima de 960 MB. Ainda de acordo com o NHC, é esperado que Ofélia se torne um pós-tropical na noite deste domingo.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 15/10/2027. boletim das 11:00 horas demonstrando que Ofélia está enfraquecendo rapidamente. No Boletim anterior, das 5:00, a velocidade dos ventos havia baixado 105 MPH, ou 169 Km/h, e pressão mínima de 964 Mb e se movia a 56 Km/h baixando para um furacão categoria 2. De acordo com este último Boletim, seus ventos estão em 90 MPH, ou 145 Km/h, agora furacão categoria 1. A pressão mínima é de 973 Mb, e se move mais rápido, a 61 Km/h.
Dione Moraes comentou
AÇORES PÓS OFÉLIA. Felizmente, pela distância com que o olho do furacão Ofelia passeou do arquipélago, os danos se reduziram à chuva forte e em grande quantidade, como na Ilha do Pico. Também ocorreu a diminuição da temperatura, em Lajes do Pico, baixou para 10°C. Também prejudicou o funcionamento dos aeroportos. A Sata Air Açores e teve dez voos cancelados e a Azores Airlines dois, afetando um total de 860 passageiros. No sábado um voo da Azores Airlines proveniente de Lisboa com destino à olha de Pico, com 113 passageiros, teve que ser desviado para a ilha do Faial, devido às condições meteorológicas. Algumas imagens das Ilhas pós passagem de Ofélia.
Dione Moraes comentou
Mais imagens.
Vania C. comentou
Boa noite amigos! Dione, temporal em Acores e em Porto mais de 100 focos de incendio. Braga, 38 focos de incendios. Em pleno outono a temperatura hoje era de 32 graus. Minha prima esta morando lá, me relatando isso agora e apavorada com o cheiro de fumaca.
Dione Moraes comentou
IRLANDA E REINO UNIDO NO CAMINHO DE OFÉLIA. Depois de passar pelos Arquipélagos Açores e Madeira, Ofélia segue em direção a Irlanda e Reino Unido. Avisos de categoria vermelha estão sendo emitidos (vejam mapa). A previsão de chegada dos ventos, confirme gráfico. É previsão, também, chegar a Irlanda como um Ciclone pós-tropical, mas com ventos muito fortes, capazes de causar grandes danos. De acordo com o boletim dás 17:00 horas, os ventos máximos sustentados são de 85 MPH, ou 137 Km/h (ainda categoria 1) e pressão mínima de 971 Mb.
Vania C. comentou
Gostaria de enviar a foto, mas nao consigo. É menos de 2 mega
Dione Moraes comentou
Boa noite Vânia. Pesquisei sobre o assunto e os incêndios que estão ocorrendo não são nos Açores, mas no continente. Braga é um distrito de Portugal. Leia notícias nos links abaixo. Quanto, ao temporal, choveu forte e com ventos, decorrentes da passagem do furacão Ofélia. Ilhas como do Pico, registraram 52 milímetros de chuva. A temperatura mais alta em Açores, que encontrei, foi 20°C. Baixou a temperatura depois da passagem de Ofélia. Importante solicitar à tua prima confirmação dos dados. [Ver site] [Ver site]
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO DE 15/10/2017 - 23:00 horas. De acordo com último Boletim do NHC Ofélia se movimenta a 70,8 Km/h, em direção a Irlanda e Reino Unido, com sustentação máxima de 85 MPH, ou 136 Km/h, e pressão mínima de 969 Mb. À partir de agora, fora de alcance do monitoramento (ver no canto superior direito do mapa).
Dione Moraes comentou
Ofélia, um raro furacão categoria 3, no Atlântico oriental.
Dione Moraes comentou
Trajetória e estimativa dos ventos de Ofélia, como um poderoso ciclone pós-tropical.
Dione Moraes comentou
CURIOSIDADE. No dia 16 de outubro, foi 30° aniversário de uma grande tempestade que atingiu o Reino Unido, em 1987.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 16/10/2017 - 8:30 UTC. Ofélia fará landfall, no sul da Irlanda, esta manhã ou no início da tarde. Espera-se uma tempestade com ventos muito fortes e prejudiciais, com rajadas atingindo um pico de 130-160 km / h, até 190 km / h, o que ssignifica uma situação potencialmente muito perigosa! Ofélia continua com ventos máximos sustentados entre 130 -135 Km/h, e pressão mínima de 968 Mb.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 16/10/2017 - 8:30 UTC. Ofélia fará landfall, no sul da Irlanda, esta manhã ou no início da tarde. Espera-se uma tempestade com ventos muito fortes e prejudiciais, com rajadas atingindo um pico de 130-160 km / h, até 190 km / h, o que ssignifica uma situação potencialmente muito perigosa! Ofélia continua com ventos máximos sustentados entre 130 -135 Km/h, e pressão mínima de 968 Mb.
Dione Moraes comentou
ATUALIZAÇÃO 27/20/2017. Ainda na manhã desta segunda-feira, Ofélia fez landfall em Cork City, com muita chuva, e ventos de 83 MPH, ou 133 Km/h, e pressão de 970 Mb. Conforme previsto, os ventos fortes de Ofélia estão causando grandes transtornos e prejuízos. Ate agora, mais de 120 residência, e empresas estão sem energia elétrica. A previsão é de que eSte número aumente nas próximas horas, e a rede ESB informou, que poderá levar vários dias para restaurar a energia. Ainda não se têm noção sobre os danos causados pelas rajadas de vento, mas há relatos de casas destelhadas, cercas destruídas, árvores tombadas . . . Telhados arrancados voavam longe, um perigo para quem sair à rua. Embora os insistentes alertas vermelho, e pedidos para ficarem longe da costa, vários surfistas tiveram que ser resgatados pela guarda costeira, que insistiu para que as pessoas a ficassem fora da água.
Picaroto comentou
Boa tarde, gostaria de informar a Diane Moraes que a chuva intensa que caiu sobre a Ilha do Pico não se deve ao furacão Ophélia, mas sim a uma frente moderada a forte que se uniu ao furacão Ophélia já sobre o Grupo Oriental dos Açores (Ilhas de São Miguel e Santa Maria). O furacão Ophélia nunca afetou os grupos Ocidental e Central dos Açores.


    2
Loyola      
Bom dia a todos. A informações de que as falhas convergentes geram terremotos de maior intensidade é bastante difundida. Porém tenho uma dúvida, as a´reas divergentes entre as placas, como a dorsal Meso Atlântica, podem gerar, ou reativar, falhas transformantes (transcorrentes), e estas podem gerar terremotos, que podem vir a ser, também, impactantes, devido a baixa profundidade que podem ocorrer. A falha de Santo André, na América do Norte é um exemplo, se bem que ela é uma falha ativa. Estas interações e consequências tem alguma página do Apolo11 explicando? Hoje em dia a gente lê vários artigos falando da reativação destas falhas, inclusive no Brasil, sendo elas secundárias e até terciárias.
Dione Moraes comentou
Meus agradecimentos ao Picaroto por ter disponibilizado link para acesso a webcams nos Açores, assim, está sendo possível, acompanhar e faZer imagens em tdmpo real, dos efeitos resultantes da passagem do furacão Ofélia, agora categoria 3. As imagens mostram o quanto o mar já esta agitado, a chuva que atinge algumas regiões, com o aeroporto. Grande é a nebulosidade. Infelizmente, o auge da passagem será à noite, quando não será possível possível fazer imagens.
Dione Moraes comentou
Boa noite Loyola, peço mil desculpas pêlo engano na postagem. Estou com problemas de conexão, e meu Smartphone tranca. Quando o sistema voltou, acabou visualizando a sua postagem. Não Percebi e acabei clicando em comentário do seu post. Grata pela compreensão.
Picaroto comentou
Boa tarde, gostaria de informar a Diane Moraes que a chuva intensa que caiu sobre a Ilha do Pico não se deve ao furacão Ophélia, mas sim a uma frente moderada a forte que se uniu ao furacão Ophélia já sobre o Grupo Oriental dos Açores (Ilhas de São Miguel e Santa Maria. O furacão Ophélia nunca afetou os grupos Ocidental e Centra dos Açores.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade