Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Meire Ruiz      
Bom dia a todos!! Uma "Nova", batizada como Nova Delphini 2013, explodiu nos céus nessa semana. Seu brilho é imenso permitindo (dependendo da localização) que muitos a observem a olho nú. Esse é um evento astronômico raro e muito interessante. Registrei ela ontem, segue a foto.
Rejaine Monteiro comentou
Parabéns pela foto, Meire... A propósito, qual equipamento foi usado? Vc usou somente a câmera? Estou querendo comprar uma câmera para uso geral, mas também para algumas astrofotos (sem tele), qual vc recomendaria (estou pensando na Canon Sx50)
Meire Ruiz comentou
Oi Rejaine, obrigada. A minha SX40, a SX50 é melhor,tem mais zoom :) Mas não esqueça que uso CHDK para astrofotos.
Meire Ruiz comentou
Outras fotos da Nova Delphini 2013.
Arlindo comentou
Muito bem, Meire. Vc poderia nos informar em que parte do céu é possível localizar a "Nova" a olho nu ou com Binóculo.
everton dos santos comentou
Olá pessoal. A Nova Delphini 2013 se encontra entre a constelação Delphinus (golfinho) e Sagitta(flecha). Por volta de 19:00 horas, elas estão com boa elevação, na direção nordeste.
everton dos santos comentou
Na imagem mais detalhada, o ponto circulado é o local aproximado onde ela estará.
Administrador comentou
Meus Parabéns Meire!!!
Klaus comentou
Muito bom...Meire...um dia eu aprendo a capturar imagens como essas!Valeu.
Meire Ruiz comentou
Não é fantástico gente? A cada dia me encanto mais e mais com o poder do nosso Universo!
Meire Ruiz comentou
Quem tiver informações para acrescentar, ou me corrigir, seria interessante. Obrigada!
Dina comentou
Paabéns Meire, uma real caçadora de estrelas.
everton dos santos comentou
Em resumo aos textos disponíveis na internet, o evento Nova é um fenômeno que ocorre em um sistema binário de estrelas, em que uma anã branca retira o hidrogênio de seu par. Esse hidrogênio vai se acumulando na superfície da anã branca até que uma grande reação ocorre por conta da compressão dos gases, gerando uma fusão nuclear. A queima e a expulsão dos gases gera um brilho muito intenso e repentino, comparando com a explosão de milhares de bombas nucleares. Mas a estrela continua "viva", ao contrario da Supernova, em que ocorre realmente uma explosão da estrela, resultando em sua morte. Aos astrônomos da pagina, fiquem a vontade para corrigir, caso tenha algo incorreto.
Danica comentou
Grata por compartilhar. Como sempre, parabéns!


    2
Klaus      
Um classe M3.3, M1.0 e M1.5, provavelmente na região 1818. [Ver no Apolo11]
Klaus comentou
Das 18:24UTC às 19:58UTC
Administrador comentou
Beleza!!!
everton dos santos comentou
Essa atividade gerou uma Ejeção de Massa Coronal de destaque. Impressiona!
everton dos santos comentou
Já surgiu no Lasco C3. O planeta surgindo a direita é Mercúrio. É quase certo que grande parte dessa EMC vir na direção da Terra. Mesmo assim, não é motivo para preocupação. É só esperar o modelo.
everton dos santos comentou
Mais uma imagem da EMC e um vídeo do flare M3.3 [Ver site]
Klaus comentou
Possivelmente ira "sobrar" alguma coisa pra terra. Imagem do Stereo Ahead COR2...!
Administrador comentou
O modelo já saiu e a EMC segue em direção oposta _a Terra. Será que é a mesma? A 1818 "tá pegando".
Klaus comentou
Rogerio, eu não tenho certeza, mas eu acho que essas imagens que o modelo ta mostrando se refere a duas eupções que aconteceram em seguida entre os dias 15 e 16 de agosto. Imagem ao lado...
everton dos santos comentou
O Klaus está correto. O modelo atual é de ontem.
Administrador comentou
Também estava achando estranho, pois os flares de hoje ocorreram na AR 1818, que está voltada para a Terra. Vamos aguardar a modelagem. Quem sabe não teremos um "KPzinho" mais forte?
Klaus comentou
Lembrando que as regiões 1818 e 1817 tem configuração magnética Beta-Gama-Delta...!
everton dos santos comentou
Um novo modelo indica que a EMC não vai atingir a Terra, nem um pouco. [Ver no Apolo11] Eu acreditava que atingiria. Vamos ver se não ocorre alguma atualização.
Lab comentou
Vai passar longe mas se fosse em direção a terra teríamos alguns problemas?
Klaus comentou
Por esse modelo o material ejetado ta indo para o norte...? e esse evento ocorreu a sudoeste do Sol...!!!...Não to entendendo !
Klaus comentou
Será que não foi essa erupção (figura) por volta das 04:00UTC de hoje...?
Danica comentou
Bom dia!!! Eu não consegui compreender a sua colocação Klaus. De qualquer forma hoje verifiquei o modelo no WSA-Enlil Solar Wind Prediction [Ver site] e confere com o modelo apresentado pelo Everton.
Klaus comentou
Oi Danica, bom dia...quer saber ? nem eu!...To achando estranha as imagens dos modelos. talves eu esteja equivocado...
Klaus comentou
Esse material ejetado (nuvem de plasma) saiu do sol com mais de 1100km/s. Se eu estiver certo existe um componente dirigido à Terra, estou me baseando nas imagens do STEREO. As imagens do modelo ainda não estão bem claras, é o que eu acho!
Danica comentou
Eu também estou confusa! Pensei que essa CME passaria ao menos de raspão. Vamos ver se acontece alguma atualização durante o dia
KarlSteg comentou
Segundo o spaceweather.com, foi uma explosão dupla na mancha 1818(M3 e M1), dizem para aguardar por uma informação mais precisa. a explosão do modelo esta na figura ao lado (acho):/ . Tenho a impressão que a explosão em questão da 1818 não foi criado um modelo, estranho pois ela foi bem potente.
Klaus comentou
Danica...Com relação ao modelo, simples! troquei o Leste pelo Oeste ! O equivico obviamente foi esse, e esqueci totalmente do plano da ecliptica!!! Ou será que foi pelo motivo de eu ser canhoto ?rs...Nada disso, portanto eu "viajei" nessa....



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade