Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Sol de Goiás      
Olá pessoas. Teclando aqui de GO, Jaraguá é o nome de minha cidade. Temos uma serra linda que proporciona belos voos de ultra leve e outros. Também é muito quente. Quando subimos a serra e olhamos para a cidade temos a impressão de que isto aqui é uma panela gigante!Acho que por isto é quente. Ufa. Chuva só uns pingos até agora. Sou a Sol, professora e apaixonada por chuva. Abs


    2
Duda      
Pessoal, é impressão minha ou de fato houve várias descobertas de asteróides e cometas passando próximos a Terra que antes não "existiam"???
Luis DAngelo comentou
Bom dia! Realmente é bastante curioso, pois o projeto Wise - "Wide-field Infrared Survey" foi criado e realizou um mapeamento completo de objetos distantes e proximos da Terra. Isto não era para estar acontecendo...Alguma outra explicação/
Administrador comentou
O problema é o tamanho dos asteroides e sua posição. Detectar uma rocha de 20 metros em movimento a 1 milhão de quilômetros de ditância não é tão simples e trivial como possam imaginar. Talvez esse artigo possa ajudar: [Ver no Apolo11]


    3
William Furtado      
bom dia a todos do RG, cadastrei-me hoje e peço a compreensão e paciência de todos porque sou muito curioso,já como primeira duvida não entendo muito a pressão máxima e minima que aparecem nos recordes 24 horas. quais os efeitos? agradeço desde já a compreensão de todos. abraços


    4
mary      
Bom dia a todos, deixo para vcs uma foto ( mal tirada..rss) sobre a Caldeira de Santorini que tirei no Museu de Thira' - Santorini - GR
mary comentou
2)
mary comentou
3)
Peregrino comentou
...para que isso ?
Meire Ruiz comentou
Interessante Mary. Você estava sobre a caldeira? Que coragem rsrs! Quando voltar traga umas pedrinhas vulcânicas para eu!
Marco- Porto Alegre comentou
Uma foto do por do sol "sobre" a caldeira de Santorini. essa a 1 ano quando tive o privilegio de ter ido conhecer essa maravilha!!


    5
everton dos santos      
Bom dia! Neste fim de semana ocorrerá o máximo da chuva de meteoros Orionids. A chuva, observada na constelação de Órion, é originada de fragmentos do cometa Halley. A constelação nasce a leste por volta de 21:30 e estará com boa elevação no céu após as 23:00. O pico será na noite de sábado para domingo mas as noites próximas também são boas para observações. Ai entra a sorte de cada um! [Ver site]
mary comentou
,D
Administrador comentou
Valeu Everton, bem lembrado!
Alberto comentou
Bom dia a todos. Vamos torcer para o tempo ajudar. Previsão para São Paulo sexta e sábado com chuva a noite. Fonte Climatempo UOL.
Alan comentou
Obrigado por lembrar, estarei atento!
shirlene comentou
Imagem da bola de fogo vista em Califórnia dia 17, por Rachel Fritz e Rick Nolthenius de Cabrillo College, imagem do Space.com (eu posso colocar imagem copiada assim ? obrigada)
Meire Ruiz comentou
Que os céus limpem! Aqui no momento nublado. Obrigada Everton!
Ronaldo comentou
Ficarei atento!! Caso eu registre algo postarei aqui. Ontem choveu quase o dia todo na região, mas hoje, após o almoço, o céu abriu que tá uma beleza! Espero tirar boas fotos.
Loco Rodrigo comentou
Com tantas nuvens como está o céu aqui em Vitória-ES dificilmente conseguiremos ver algo, tá complicado mesmo! :-(


    6
Alan      
Mais um objeto pequeno e brilhante encontrado em marte, pelo curiosity (abc news). Ou encontramos algo muito interessante para analisar,ou o jipe-robô está soltando pedaços.
Armando Costa comentou
Realmente mais 1 objeto brilhante no solo marciano!!! Agora interessante mesmo nesta imagem de solo é a aparente umidade nesta área do solo marciano... Bem diferente de outras imagens que mostram um solo seco e as vezes parecendo talco... Ao que parece nesta imagem o solo foi um pouco escavado... Interessante issu!!! Talvez toda aquela água que existia muitos milhares de anos atras em Marte esteja todo em seu subsolo!!!Seria possível???
Armando Costa comentou
Agora foto estranha mesmo da Curiosity é esta!!!( Foto da NASA) Lembra um pedaço de galho, ou um casulo de borboleta... Bem interessante essa pois só estando la para saber realmente do que se trata...Algum palpite???
Alan comentou
Realmente perece úmido esse solo. Na minha opinião, é só uma questão de tempo para se achar água, ainda, por lá. Os indícios são muitos.
Administrador comentou
Acredito que todos esses fragmentos são detritos que se espalharam durante o processo de descida e fazem parte do guidaste (sky cranne) e do paraquedas. Se for isso, deve haver vários ainda.
Administrador comentou
Água líquida é improvável devido à pressão. Em forma de neve já foi detectada: [Ver no Apolo11] Gelo também: [Ver no Apolo11] Além disso, o ciclo da água já foi demonstrado pelo cientista brasileiro Nilton Rennó, da Universidade de Michigan: [Ver no Apolo11]
Administrador comentou
Corrigindo: Água líquida é improvável devido à PRESSÃO E TEMPERATURA.
Alan comentou
Realmente, tem grandes chances de serem fragmentos do processo de descida. Se bem que o site abcnews afirma que pesquisadores da NASA creem que se trata de algo natura de Marte, o fragmanto da segunda escavação. Sobre a umidade,Segundo Alfred McEwen, que investiga os dados do HIRISE,é prvável que exista um fluxo de água salgada, que parece correr em certa região e período de Marte. [Ver no Apolo11]
Armando Costa comentou
Realmente Rogério,havia me esquecido totalmente a questão da pressão em Marte... Mas existem vários indícios, como camadas de sedimentos e traços de margens e leitos de rios secos, testemunham uma atividade hidrológica intensa no passado de Marte.A água líquida não está presente hoje na superfície de Marte. A quantidade de vapor d'água na atmosfera é muito baixa e a água sob forma de gelo existe apenas nas calotas polares e em algumas crateras. Mas essas quantidades de água não são suficientes para explicar os traços geológicos observados, o que leva os cientistas a desconfiar de que poderia haver grandes quantidades de água no subsolo do planeta. Seguindo o Raciocínio do cientista brasileiro Nilton Rennó, O perclorato(um sal encontrando no solo marciano) tem a propriedade de manter a água em estado líquido até mesmo sob severas temperaturas negativas e pode também ser a fonte de energia para microorganismos. Talvez esse solo aparentemente úmido da foto Curiosity demonstre esse caso em especial(Minha opinião)... Rogério muito obrigado pelas explicações...^^Tomara que encontrem água suficiente la, pra mim já ir comprando meu Lote...^^ rsrsrsr
Administrador comentou
Correto Armando. De fato pode haver água abaixo do solo marciano, mas seria necessária uma elevação de temperatura suficiente para transformar o gelo em água. E isso tem que ser na profundidade certa. Mesmo assim, com as pesquisas do Curiosity é possível que em pouco tempo tenhamos novas revelações sobre o subsolo marciano. Por enquanto, é difícil saber onde está a água do planeta, mas devido à baixa gravidade é possível que tenha se perdido no espaço. Marte é fascinante e pode dar pistas de como será a Terra no futuro, por isso enviam os robôs pra lá. Também acho que vou reservar uma gleba por aquelas bandas. :-)
Armando Costa comentou
Valew Rogério obrigado pela ótima explicação!!!Estamos na espera de boas notícias por lá.
Leonardo Ferreira comentou
Mas esse gelo em Marte é CO2 congelado (gelo seco)? Ou teria a mesma composição da água congelada da Terra?


    7
Uilson      
Duda, e verdade sim! existem varios asteroide proximo a terra, so esse mês 2 asteroide com 2 LD, e 1 asteroide com menos de 1 LD (640 mil Km de distancia da terra). LD = Distância lunar (distancia entre a terra e a lua)
Alan comentou
Só pra lembrar, Uilson, use a opção ''comentar'' pra não criar outros posts sobre o mesmo assunto, valeu?
Uilson comentou
Ok, Alan, obrigado pela dica. abçs


    8
Uilson      
1 LD = 38400 km.
Valdir Batista comentou
Uilson, acho que você comeu um zero. 1 LD = 384405 Km (perigeu máximo é de 356577 Km, apogeu máximo é de 406655 Km). Grande abraço.
Uilson comentou
desculpe,esqueci o 4, para ser mais preciso 1 LD= 384.400
Uilson comentou
Valeu Valdir. Abraços


    9
mazzo      
boa tarde a todos.,rsrsr sou novo também aqui, alguém poderia dar uma explicação sobre o gráfico das Previsão de chegada e impacto de tempestades Solares,???
Sel comentou
qual sua dúvida Mazzo?


    10
Uilson      
Ola pessoal, Hoje o asteroide 2012UE passarã com distancia de 2 LD proximo a terra. Na magnitude 28.4, tamanho 5.5m x 12m, com velocidade de 13.5 km,s. Informação da apollo 11.


    11
Uilson      
Mazzo, na apolo11, vc tera todas essas enformações [Ver no Apolo11]
Sel comentou
Uilson, ao lado do horário na sequência de seu nome existe uma opção "Comentar". Sempre que responder uma pergunta ou interagir com algum post utilize a opção, abçs :)
mazzo comentou
ok vou gatinhando até lá.rsrsrs
Uilson comentou
Sel, Obrigado pela dica. Não vi essa opção. Abçs


    12
mazzo      
Sel.ref a previsão de chegada e impacto de tempestades Solares e este buraco coronal ja estão virando para a terra., e a terra seria aquela bolinha amarela?:(:(:(,,,
Sel comentou
Mazzo querido, vamos lá, primeiro vou insistir que utilize a opção comentar em suas postagens, assim você tem suas informações em um único post e nosso Adm fica feliz :)) Sim, a terra é a "bolinha amarela", a evolução da ejeção está acima do lado esquerdo começando pelo dia 18 e evoluindo até o dia 27. No gráfico central tem a terra somente, quando há uma ejeção significativa não terá nenhuma dificuldade de acompanhá-la! Abçs!
Sel comentou
corrigindo: evolução da projeção (do dia 18 ao 27)! :)


    13
Paul Karson      
Olá amigos, acabei de me cadastrar e gostaria de tirar dúvidas e aprender mais. Minha pergunta é a seguinte: Alguém sabe como realmente está no nosso querido super vulcão do Parque yellowstone? Soube há alguns meses que ele está inchando e que seu prazo de uma nova erupção já se findou. Isto é real? Abraços e parabéns ao portal.
Administrador comentou
Pelo que se sabe, o vulcão está normal, não houve nenhum inchaço e nenhum prazo se findou pois não há previsão de erupção. Espero ter ajudado. :-)
everton dos santos comentou
Paul, complementando a questão do tempo, nas ultimas 3 erupções explosivas em yellowstone, ocorreram intervalos de aproximadamente 700 mil anos da 1ª p/ a 2ª e da 2ª p/ a 3ª. E como a ultima foi há cerca de 640 mil anos, muitos pensam erradamente em fim de prazo por conta de uma "coincidencia"( nem da p/ dizer isso pois os valores de datas não são precisos) em milhões de anos. Além disso, podem ocorrer erupções de menor intensidade, sem ser aquela catástrofe dos documentários.
Marcos Passetti comentou
ola Paul...todo vulcão ativo apresenta "inchaço" porem isso não significa exatamente sinal de erupçao eminente.Ainda mais se tratando de Super Vulcões


    14
Armando Costa      
Estudo Culpa aquecimento por megaextinção há 250 milhões de anos atras!!! Pela primeira vez um estudo científico comprova que o aquecimento pode causar extinção em massa no planeta... Um surto de efeito estufa há 250 milhões de anos foi uma das principais causas do evento de extinção de espécies mais catastrófico da história do planeta, sugere um novo estudo. Analisando o peso atômico do oxigênio contido em fósseis da época(Período Permiano e Triássico), cientistas calcularam que a temperatura média anual de águas equatoriais chegou a um pico de 40°C, tornando a vida impraticável na maior parte das áreas tropicais. O trabalho, publicado na edição desta semana da revista "Science", oferece pela primeira vez evidências de que o calor contribuiu diretamente para extinção, e não era apenas um coadjuvante de outros fatores, como a falta de oxigênio na água ou a deterioração da camada de ozônio. Todos esses problemas geológicos que criaram dificuldades para seres vivos na época estão ligados a um período extremamente intenso de atividade vulcânica na Sibéria. Numa escala de um a dez anos, a poeira de vulcões faz a terra resfriar. Mas, no longo prazo, o gás carbônico emitido via erupções faz o planeta se aquecer.Provavelmente os problemas com excesso do gás carbônico na atmosfera não ocorreram de imediato e sim quando o planeta passo a ter dificuldades em absorver esse gás em excesso, ou seja a falta das plantas... Isso com certeza nos da uma visão do que pode acontecer no futuro...Não agora mas no futuro próximo... Ai pode ser irreversível qualquer medida corretora...
M. Ianner comentou
Olá Armando. sem dúvida ninguém questiona os perigos a curto, médio e longo prazo que mudanças ambientais possam causar sejam elas naturais ou não. O que se discute é a a relação de interesses econômicos e geopolíticos que influenciam fortemente as pesquisas que apontam AS CAUSAS destas mudanças e a manipulação e comprometimento dos resultados destas. Para você ter uma ideia, é praticamente impossível conseguir financiamento público para certos tipos de pesquisa que possam apontar resultados que contrariem aos interesses estabelecidos de uma cadeia sócio-produtiva.
Armando Costa comentou
Realmente M.lanner, sem o apoio dos governos e das grandes empresas de energia fica impossível realizar algo de concreto que impeça o inevitável... O bom de se ter um estudo científico em uma conceituada revista, confirmando categoricamente os resultados de um aquecimento global que pode extinguir a vida como conhecemos é o aumento da consciência da comunidade científica mundial. Assim quando eles se reunirem para tratar de assuntos referentes ao meio ambiente, poderão colocar mais pressão nos governos mundiais e nas empresas responsáveis por todo esse carbono na atmosfera.Fazendo assim que sejam obrigados a fazer algo para sanar os males já feitos...Também sem vida na terra quem compraria seus produtos??? De estudo a estudo talvez consigamos abrir os olhos daqueles que apenas enxergam lucro no fim de tudo!!!
van comentou
Boa noite, sou nova no site e gostaria de contribuir com recente estudo dos Russos: Os cientistas russos descobriram a causa da “grande extinção em massa” de espécies biológicas, ou do seu desaparecimento da face da Terra. Na história do planeta existem cinco períodos de desaparecimento de diversas espécies, o que se pode ver de uma maneira especialmente clara nos mares e nos oceanos. Os especialistas encontram regularmente restos das rochas antigas, que se encontram em estado de conservação nos fundos dos mares. Os cientistas reputam que a causa principal da extinção de espécies é intensa atividade vulcânica, assim como choques com os asteróides, - assevera Maks Barach, pesquisador – sênior do Instituto de oceanologia Pietr Chirchov junto da Academia de Ciências Russa. “Ocorre que o processo de extinções em massa foi bastante rápido, enquanto que o processo da maioria destas mudanças foi bastante lento. Um exemplo destas mudanças é a alteração do nível do mar. De repente, num certo momento dá-se a extinção em massa. Por que? Todos estes sucessos estão relacionados ao movimento orbital do Sistema Solar em torno do centro da Galáxia. Neste caso verificam-se dois fenômenos. Primeiro: o Sol atravessa, juntamente com os planetas, que o acompanham, os ramos da Galáxia, segundo – oscilação do Sistema Solar perpendicularmente ao plano da Galáxia.” Os cientistas estão convencidos de que tudo isso resulta em alterações no interior da Terra, isto é, no deslocamento de placas tectônicas, o que provoca o vulcanismo. Ao mesmo tempo, o movimento do Sol causa os golpes de asteróides e de grandes cometas. Portanto, todo o movimento de planetas na nossa Galáxia fez-se sentir em cada planeta. Aliás, não podemos falar por enquanto de todos os planetas mas quanto à Terra, isso resulta em conseqüências catastróficas – extinção de centenas de milhares de organismos biológicos.


    15
Marco- Porto Alegre      
Boa tarde, iniciando tambem por aqui! E Porto Alegre 24 graus e um lindo dia, mas pelos alertas fim de semana sera com chuva e possiveis temporais!


    16
Prof Geraldo      
Boa noite pessoal do PG !
carlos eduardo comentou
boa noite!
Uilson comentou
boa noite!
JulianaF comentou
Boa noite!!!


    17
monika_s      
Erechim, 20°C, chuvinha fina caindo, mas muitos raios, e um ventinho bem frio agora. Questão aos astrofotógrafos de plantão: ainda não adquiri o telescópio, mas estou estudando sobre. O que gostaria de saber, qual o tipo (marca, modelo, especificações) de máquina fotográfica é aconselhável para acoplar em telescópios e qual o equipamento extra necessário para astrofotografia? Bem que poderiam fazer um tutorial no Apolo 11, como aquele dos telescópios.
Uilson comentou
Nova Iguaçu, tempo fechado com muitas nuvem baixa, temperatura de 23ºC, vento de 5km/h tovoadas esparças


    18
Aline S      
Olá, gostaria de saber se havia a previsão de algum meteoro ou se tem alguma chuva de meteoros próxima, pois hoje por volta das 19:45 vi 3 meteoros (não sei como chamar na realidade) cruzando o céu de Santa Maria sentido leste-oeste no quadrante norte... abraço!
Meire Ruiz comentou
Oi Aline, sei que terá chuva de meteoros entre sábado e domingo, veja o post 208 [Ver no Painel Global]
Armando Costa comentou
Estamos ansiosos e torcendo por 1 céu limpo à noite!!! Quero tirar ótimas fotos.^^


    19
schmeiske      
muito calmo os terremotos por sinal hoje nao! umidade dor ar muito baixa em londrina 30% um calor miseravel rsrs


    20
schmeiske      
sera que alguem poderia me responder se essa chuva de meteoro será visivel em qualquer parte do brasil?
everton dos santos comentou
A constelação de Órion é visivel em todo o Brasil, nascendo na direção leste. [Ver no Painel Global]
Meire Ruiz comentou
Aqui o céu está limpando :) Vou tentar algumas fotos!



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2020
Política de Privacidade