Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Rejaine Monteiro      
Bom dia, pessoal. Depois de fazer mais de 2 mil vítimas na Índia, uma nova onda de calor mata mais de 450 nos últimos 3 dias no Paquistão, de acordo com autoridades locais. Li que o forte calor observado nestas regiões é comum antes do período das chuvas de monção, que vai de junho a outubro, mas sempre existiu na história tantas mortes assim nesse período provocadas por calor extremo ou há alguma anormalidade devido ao aquecimento global?
Rejaine Monteiro comentou
Pesquisando um pouco, descobri que uma onda de calor semelhante ocorreu na Europa em 2003, mantando mais de 20 mil pessoas (15 mil só na França!) Teve também grandes ondas entre 2009 e 2010, na Austrália e várias regiões do hemisfério norte... Aquecimento global ou fenômenos que ocorrem de tempos em tempos, naturalmente, em nosso planeta?
Gui bnu comentou
Frio e calor extremos, estre é o cenário mais provável para as próximas décadas. A concentração de gases do efeito estufa é a maior dos últimos 3 milhões de anos. Isso é conclusão do IPCC e NOAA, não minha, mas vejo a cada dia estarem mais corretas as previsões. Sem contar que as mudanças estão ocorrendo com extrema rapidez, ao contrário do passado.
Rejaine Monteiro comentou
Pois é, Gui bnu. Parece que as coisas estão acontecendo muito rapidamente. Tenho receio do qeu poderá nos acontecer nas próximas décadas. Inclusive vi um artigo interessante publicado pelo NOOA na semana passada justamente sobre esse assunto: [Ver site]
Gui bnu comentou
Boa matéria Rejaine. As controvérsias e a política do deixa como está pra ver como fica me deixam inquieto, sem exageros. Creio que só conheceremos os reais efeitos colaterais e interações quando elas forem desastrosas e irreversíveis. Um legado nada positivo para nossos descendentes. Prefiro ser lembrado como cauteloso e pessimista do que por irresponsável para as futuras gerações. (perdoem meu desabafo).
Lab comentou
Veja o que nós estamos fazendo [Ver site]
Rejaine Monteiro comentou
Aquecimento global, mudanças climáticas, crise hídrica, escassez de alimentos e de recursos naturais, consumismo exagerado, poluição, desperdício, crescimento populacional, epidemias, enfim... São muitos problemas e poucas soluções na prática.
Joai comentou
Bom dia Globais! Ainda esta semana assisti a um programa local de jornalismo onde o apresentador levantou bandeira em defesa dos Cientistas que defendem o resfriamento global e não o aquecimento, veja que nem os cientistas se entendem, dos problemas, alguns são de origem humana e outros onde nossa ação nada influi, nas que nossa ação influi a ação de base fortalecendo e cultivando o respeito, o uso sustentável, o não desperdício, a gentileza, a reciclagem de materiais e informações, a honestidade, enfim, todos os valores morais onde a família tem o principal papel então, daqui a algumas décadas começaremos a eleger políticos pelo seu brilho e virtude e não pelo seu discurso, pensemos nisso...
Fabiano Gomes comentou
A todos bom dia! Se me permitem participar deste assunto, eu acho que o ser humano tem mania de grandeza e acha que pode tudo inclusive interferir em um planeta tão grande como esse que nem percebe que estamos aqui, ou seja, isso tudo que o homem "inteligente" faz só interfere nas metrópoles, grandes cidades! da pra fazer uma comparação com as cidades do interior com seu clima e natureza incomparável com o das grandes cidades, o planeta é enorme com varias partes que ainda nem se quer foram exploradas não conhecemos quase nada e olhe que temos um monte de especialistas em todas as áreas e mesmo assim sabemos pouco, o tempo do planeta, do sistema solar, do universo é enorme em relação a nós que chegamos agora e já queremos dizer que a festa está acabando. bom é o que eu acho! Um abraço a todos!
Rejaine Monteiro comentou
Concordo Fabiano, mas minha preocupação é mais com a *nossa* sobrevivência do que com o planeta em si. Se o 'planeta' quisesse nos extinguir, faria isso sem o menor esforço (seja lentamente ou não...) Nosso planeta está aqui a bilhões de anos e nós somente a apenas alguns poucos milhares - mas se quisermos sobreviver (bem) por muito mais tempo, precisaremos aprender a nos relacionar melhor com ele... A falta de água potável e alimentos, por exemplo, é algo eminente e estima-se uma crise nos próximos 30 anos, apenas. O homem precisa reprender a sua relação com o meio ambiente, não apenas pelo bem do planeta em si (que tem seus próprios recursos para se renovar) mas pelo bem de si próprio...
Fabiano Gomes comentou
é isso ai Rejaine! o mundo vai ficar cada vez melhor se fizermos a nossa parte e cuidar do que está ao nosso alcance, o que eu falo é cuidar do que estamos interferindo, criamos lixo, o planeta não cria lixo nem gasta suas riquezas, nós moradores dele sim e isso está mais evidente nas grandes cidades. Eu costumo exemplificar da seguinte maneira se você fizer uma fogueira em sua casa vai incomodar seus vizinhos mas não sua cidade vizinha de tão grande que é esse pequeno planeta rsrsr, então se todos fizermos nossa parte vamos ajudar uns aos outros e planeta será sempre o mesmo!!
Francisco P. Reig comentou
Soluções práticas: Permacultura e agrofloresta. Porém ao governos não lhes interessa isso. Receio que o mundo seja reflorestado no futuro, porém com árvores transgênicas. A solução prática que nos será oferecida: Água filtrada por osmose, alimentos transgênicos e desnecessárias bugingangas tecnológicas. O industrialismo é "ótimo" para a humanidade... "Sim"... Para bilhões de seres humanos que sobrevivem com menos créditos sociais (dinheiro) do que lhes é justo para uma sobrevivência digna. Não é a ONU sujeita aos interesses das poderosas corporações mundiais, sejam lá quais forem? A NASA, a ONU, o Banco Mundial, as Multinacionais... por acaso algum desses se importa de verdade com o planeta e com a humanidade. Lamento, mas não se pode confiar em ninguém. E em se tratando de instituições poderosas e pessoas poderosas, a unica certeza é que, para eles, você não passa de um objeto de de consumo.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade