Dias   1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 |
16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 |


    1
Dione Moraes      
Bom dia pessoal. Alberto, é a primeira Tempestade subtropical da Temporada de furacões, 2018, do Atlântico Norte. Boletim das 22:00h de 25/05/2018. Velocidade máxima dos ventos: 40 MPH ou 64 km/h Pressão mínima: 1006 Mb. Move-se a 8 km/h. ChuvaS pesadas são esperadas para a Península de Yucatan, parte ocidental de Cuba, Flórida e Costa norte do Golfo do México, durante o final de semana. Não há previsão de ciclone nos próximos 5 dias.
Dione Moraes comentou
PREVISÃO DE CHEGADA DOS VENTOS
Dione Moraes comentou
PRIMEIRA TEMPESTADE SUBTROPICAL DA TEMPORADA DE FURACÕES 2018 DO ATLÂNTICO NORTE.
Dione Moraes comentou
Atualização. Governadores dos Estados, Flórida, Alabama e Mississipi declararam estado de emergência. Com a aproximação da tempestade subtropical Alberto, a costa do Golfo se prepara. Guarda Costeira dos EUA divulgou orientações para os velejadores neste fim de semana do Memorial Da, alertando para mar revolto, chuvas significativas e ventos prejudiciais que podem acompanhar Alberto e representar sérios perigos para os velejadores. Inclusive áreas que não estão na costa do Golfo estão se preparando para o impacto de Alberto.
Dione Moraes comentou
Atualização, pelo Boletim das 14:00 hrs, domingo,27/05/2018. A tempestade subtropical Alberto ganhou força e move-se a 21 Km/h para o norte, em direção à custa do Golfo do México, com ventos máximos sustentados de 50 MP/h ou 80 Km/h. A pressão mínima é de 994 Mb. Ainda de acordo com precisão do NHC, é esperada uma transição para tempestade tropical, ainda hoje ou amanhã, e landfall perto da cidade do Panamá City, FLórida. Os ventos da Tempestade subtropical Alberto poderão chegar até Nova Orleans. [Ver site]
Dione Moraes comentou
Onda de calor na região do Golfo, favorece una atmosfera muito quente.
Dione Moraes comentou
Regiões costeiras com aviso de previsão de serém atingidas pela passagem do Alberto.
Dione Moraes comentou
Imagem do satélite Goes 16, mostra impressionante imagem do vapor de água da tempestade subtropical Alberto.
Dione Moraes comentou
Atualização. Boletim das 22:00 hrs deste domingo. Alberto ganhou forca agora com ventos sustentados de 65 MP/h, ou 105 Km/h. A pressão é de 991 Mb. Move-se mais devagar, a 14,5 Km/h, com previsão de fazer landfall segunda-feira à tarde na região ociDental ou central da Flórida Panhandle. A chance de Alberto atingir intensidade de furacão é baixa, devido a intrusão constante de ar seco que atua no centro de circulação (em cor laranja na imagem).
Dione Moraes comentou
Panhandle da Flórida, região prevista para landfall de Alberto.
Dione Moraes comentou
Atualização - boletim das 14:00 hrs. Ao aproximar-se do Panhandle da Flórida, Alberto tem diminuída a velocidade dos ventos para 50 MP/h ou 80,40 Km/h, e movinenta-se mas lentamente, a 12,8 Km/h. Alertas foram emitidos para esta área e outras atingidas péla abrangência da tempestade, pára chuvas pesadas, inundações e fortes rajadas de vento, conforme demonstra a imagem A chuva pesada castiga o Panhandle da Flórida. Embora o landfall ainda não tenha ocorrido, os impactos do pico já estão ocorrendo. De acordo com David Roth, meteorologista do Centro de Previsões Meteorológicas do Serviço Nacional do Clima dos EUA de College Park, em Maryland "Esta com certeza é uma tempestade perigosa".  autoridades na Flórida, emitiram ordens de retirada obrigatória para milhares de moradores do litoral. Flórida, Alabama e Mississippi se encontram em estado de emergência. No domingo, outra tempestade provocou uma enchente que invadiu uma cidade histórica de Maryland e carregou um homem que tentava ajudar a resgatar pessoas.
Dione Moraes comentou
Boletim das 16:00 desta segunda-feira, informa que Tempestade subtropical Alberto fez landfall perto da Praia de Laguna Beach, Flórida. Chuvas pesadas. Inundações atingem áreas do Panhandle, Flórida, com ventos máximos sustentados de 72,4 Km/h.
Dione Moraes comentou
Imagens da área do litoral da Flórida atingidas pelo Alberto.
Dione Moraes comentou
Local onde a tempestade subtropical Alberto fez landfall hoje á tarde, 28/05/2018.
Dione Moraes comentou
Última atualização. Boletim das 10:00 hrs. Alberto, agora, uma depressão subtropical, segue através do Alabama Central, com alertas de chuvas fortes e inundações repentinas. Ao fazer landfall perto da praia de Laguna Beach, a 24 km a Oeste-Noroeste de Panama City, provocou duas mortes. A tendência é de enfraquecimento, ate dissipação total. Imagem - Panamá City, Flórida. Fim do ciclo.
Dione Moraes comentou
ADENDO EXCEPCIONAL. Atualização. Após percorrer entorno de 1200 Km, e 2 dias sobre a terra, Alberto continua a manter uma circulação compacta e bem definida, com bandas de nuvens em espiral em torno do centro, avança para o o interior, com potencial de chuvas fortes e inundações. Esta deve ser a primeira vez que uma Depressão subtropical, formada no mar do Caribe, atravessa os grandes Lagos. De acordo com o último Boletim do Centro de Previsão do Tempo só Serviço Nacional do Tempo, Alberto foi classificado como Ciclone pós tropical, e encontra-se atualmente a Nordeste de Michigan, com ventos máximos sustentados de 48 Km/h e pressão mínima de 994 Mb.


    2
Keymon      
Bom dia a todos, Há um bom tempo tenho acompanhado a baixa atividade do Sol. Índice KP bastante baixo, pouquíssimas ou quase nenhuma mancha solar (vide foto que fiz há pouco) somente uma "micro mancha" no canto inferior direito... Enfim, é cíclico? Ou podemos nos preocupar? Apesar de inúmeras vezes aqui já terem comentado que "atividade solar não está ligada a atividade sísmica do planeta" (o que eu ainda acho não ser um postulado efetivo), mas coincidentemente também estamos passando por um grande período de "calmaria sísmica"...
Administrador comentou
Na realidade, estamos no Mínimo Solar, por isso a menor quantidade de manchas. Aguardemos.
joacyspfc comentou
Boa Tarde! Curioso, desde que acompanho o PG percebo essa relação das atividades sísmica x atividades sol. Podem verificar, quando existe grande atividade solar logo as atividades sísmicas aqui começam a aparecer....vai entender.



Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021
Política de Privacidade