Rosi    São Paulo - SP em 15/10 - 16h11   
Boa tarde amigos...

Alguém sabe nos informar como esta o deslocamento do Tufão Wipha. Li hoje em um site que há grande perigo que ele se aproxime da já tão combalida Usina de Fukushima no Japão, nesta quarta dia 16, vou procurar acompanhar e torcer para que ele perca forças.

Abraços,

phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 16/10 - 15h57
Odisha
Link

phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 16/10 - 15h56
Vários locais em toda a região central do Japão registraram mais de 200 milímetros de chuvas.

Ventos Máximos relatados em todo o Japão foi de 162 km/h.

Ao todo 530 voos foram cancelados e mais de 15.000 moradores estão sem energia em toda a área metropolitana de Tóquio.

Um navio afundou hoje na Coreia do Sul devido ao mar agitado e aos fortes ventos trazidos pela tempestade. Nove pessoas perderam suas vidas.

Vídeo feito em Tóquio.
Link

phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 16/10 - 15h56
Nevascas foram registrados na região de Hokkaido.

Em Obihiro está foi a queda de neve mais cedo já registrada desde que os registros começaram em 1892.
Link

phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 16/10 - 11h17
Tufão Wipha deixou 17 mortos e cerca de 50 desaparecidos, a maioria em Oshima.

Wipha afeta agora as Ilhas Curilas.

Tufão Nari deixou pelo menos 4 mortos e 11 feridos no Vietnã.

Ao todo, mais de 120 mil pessoas foram evacuadas das áreas de risco.

TS Francisco está afetando a região de Guam.

A previsão inicial e que a tempestade chegue a categoria 4 no dia 21.

Iraci Lira Teresina-PI comentou em 16/10 - 01h37
Até o momento o Tufão deixou 13 mortos e mais de 30 pessoas desaparecidas no Japão. Agora ele segue para a Usina de Fukushima. A grande preocupação é com a água radioativa acumulada devido ao acidente nuclear ocorrido em 2011.
phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 16/10 - 00h22
Tóquio registrou rajadas de vento de 115 km/h e acumulado de chuva superior a 200 mm.

O maior acumulado de chuva até o momento foi de 815 mm na Ilha de Oshima.

Na próxima semana o Japão deve ser atingido novamente por um ciclone. O próximo nome na lista é Francisco. Os modelos estão sugerindo que será um forte tufão. Imagem do modelo europeu (ECMWF).

Astroman São Paulo-SP comentou em 16/10 - 00h03
Fukushima é um vulcão radioativo desde o tremor de 2011. Vaza radioatividade por tudo quanto é lado. Difícil imaginar como a situação por lá ainda possa piorar. Mas pode.
t.st São Jose dos Campos-SP comentou em 15/10 - 21h57
Boa Noite! aquela usina de Fukushima é uma bomba relógio prestes a explodir a qualquer hora.
Rosi São Paulo-SP comentou em 15/10 - 19h52
Obrigada Phellipef pelas informações precisas.

Estou acompanhando, e torcendo para que não ocorra nada de mais grave.

phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 15/10 - 16h45
Em Fukushima haverá um reforço na proteção dos equipamentos, para não permitir vazamento de água radioativa. Haverá também a coleta da água da chuva, que será mandada para tanques, sendo liberada para o mar, apenas quando houver certeza que não está contaminada.
phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 15/10 - 16h36
Aeroporto de Nagoya registrou ventos de 100 km/h na última hora. (imagem ao lado)

Essa e a tempestade mais forte a atingir a região de Tóquio, desde Tokage em 2004. Todo o Japão está ou com alerta ou aviso de tufão.

Outro ciclone pode ameaçar o Japão no final de semana.

Rosi São Paulo-SP comentou em 15/10 - 16h23
Formulando melhor meu comentário, pois esta sem sentido...

Hoje eu li em um site, que este tufão/Whipha esta se aproximando da usina Fukushima, e que deverá passar por lá nesta quarta feira dia 16.

Como sei q aqui tem ótimos participantes/colaboradores q tambem acompanham estes fenomemos, prefiro acompanha-lo por aqui.

phellipef Patrocínio, MG e Florianópolis, SC-XX comentou em 15/10 - 16h19
Os ventos sustentados em Tóquio chegam a 60 km/h agora: [Ver site]

Radar: [Ver site]














Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2019
Política de Privacidade