Quinta-feira, 23 abr 2020 - 10h46
Por Maria Clara Machado

Altas temperaturas mantém alerta para novos incêndios florestais no Chile

A previsão de temperaturas acima de 30°C e umidade do ar baixa deixam a parte central do Chile em atenção para o surgimento de novos focos de incêndios florestais mesmo com outono avançando. O fogo na região de Vichuquén, em Maule, destruiu 300 hectares de vegetação esta semana e a região está em alerta amarelo. No começo de abril, a região de Bío Bío foi atingida por diversos focos de incêndios.

Brigadistas combatem um novo foco de fogo em Santa Rita 2, na comuna de Pirque, região metropolitana de Santiago nesta quarta-feira, dia 22. Crédito: Imagem de divulgação CONAF.
Brigadistas combatem um novo foco de fogo em Santa Rita 2, na comuna de Pirque, região metropolitana de Santiago nesta quarta-feira, dia 22. Crédito: Imagem de divulgação CONAF.

Os esforços no combate ao fogo em Vichuquén deixaram uma vítima fatal. Na última segunda-feira, um helicóptero contratado pela Corporação Nacional Florestal (CONAF), que atua no combate a incêndios florestais no Chile, caiu sobre Curepto e o piloto não resistiu. A aeronave estava combatendo o incêndio de Las Puertas e as causas do acidente ainda estão sendo investigadas.

O governo e a CONAF lamentaram profundamente o ocorrido com o piloto Gabriel Perat e destacaram a grande importância do seu trabalho. "Gabriel, como todos os pilotos que combatem incêndios florestais, cumpriu uma função louvável de proteger a comunidade e o meio ambiente", declarou o Ministro da Agricultura Antônio Walker.

O grau de alerta vermelho foi desativado na região de Maule, mas a CONAF mantém o alerta amarelo num raio de 1.300 hectares.

Bombeiros trabalham no combate a um incêndio florestal em Santa Rita 2. A CONAF alerta que a chegada do outono não é sinal do final das emergências. Crédito: Imagem de divulgação CONAF.
Bombeiros trabalham no combate a um incêndio florestal em Santa Rita 2. A CONAF alerta que a chegada do outono não é sinal do final das emergências. Crédito: Imagem de divulgação CONAF.

Focos se espalharam por Bío Bío no começo do mês
No começo do mês, 12 incêndios florestais se espalharam pela região de Bío Bío. Nesta temporada, que começou no ano passado, mais de 2.400 focos de incêndios foram combatidos na região com 16 mil hectares consumidos pelo fogo, segundo dados da CONAF. Em Arauco, também em Bío Bío, outro incêndio de grandes proporções destruiu 15 casas e 30 hectares de vegetação no início do mês.

Os incêndios florestais no Chile ocorrem na primavera e a maioria no verão devido às condições do tempo propícias à propagação do fogo. Segundo a CONAF, o período de maior probabilidade vai de outubro ao mês de abril em território chileno.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2021