Quarta-feira, 13 abr 2022 - 15h50
Por Maria Clara Machado

Durban vive uma das piores tempestades da história da África do Sul

A situação é caótica e desoladora na cidade de Durban, na província de KwaZulu-Natal, no sudeste da África do Sul, após chuvas torrenciais que resultaram em inundações devastadoras. As autoridades consideram que esta foi uma das piores tempestades da história do país.

Carros ficaram à deriva em grande inundação em Durban em 11 de abril. Foi uma das piores tempestades a atingir a África do Sul. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @simamkeleD
Carros ficaram à deriva em grande inundação em Durban em 11 de abril. Foi uma das piores tempestades a atingir a África do Sul. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @simamkeleD

A quantidade de chuva de um dia superou o esperado para todo o mês e um estado de desastre deve ser declarado visando conseguir recursos de emergência. Até esta quarta-feira, dia 13, o número de mortos chegava a 253, vítimas das inundações e deslizamentos de terra.

Cenário devastador
Há diversas estradas que ligam à cidade ao porto de Durban completamente intransitáveis após o transbordamento de um rio. Muita lama está espalhada e há carros capotados. Na região do porto, um dos mais importantes da África, contêineres ficaram boiando nas enchentes e as operações precisaram ser interrompidas.

Segundo relatos de moradores, esta é a primeira vez que o rio subiu tanto assim. Até as estações de tratamento de água e energia ficaram debaixo d’água e torres de telefonia celular ficaram inoperantes.

O volume de chuva foi fenomenal, mas o alto número de vítimas também ocorre em razão de moradias construídas em áreas baixas e com má drenagem, segundo algumas avaliações. Durante a terça-feira, helicópteros de resgate continuavam as buscas por desaparecidos.

Enchentes tomaram conta de Durban depois de umas das piores tempestades em décadas na região. Crédito: Reprodução twitter @nerishar
Enchentes tomaram conta de Durban depois de umas das piores tempestades em décadas na região. Crédito: Reprodução twitter @nerishar

Deslizamento em Durban registrado por moradora da região. Número de vítimas fatais passou de 200. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @nerissanaidoo
Deslizamento em Durban registrado por moradora da região. Número de vítimas fatais passou de 200. Crédito: Imagem divulgada pelo twitter @nerissanaidoo

Chuva torrencial!
De acordo com o Serviço Meteorológico Nacional, algumas localidades da província de KwaZulu-Natal chegaram a registrar 450 milímetros de chuva em dois dias. A média de chuva anual de Durban é em torno de 1000 mm.

Os cientistas de clima vêm reforçando que a as tempestades estão mais severas do que o normal na África do Sul. Só no começo de 2022, o leste do país recebeu três ciclones e duas tempestades tropicais consecutivos em menos de dois meses. Entre os meses de janeiro e fevereiro as tormentas deixaram um saldo de 230 mortos na ilha de Madagascar e em Moçambique e Malawi, na parte continental.

Relembre:

Quatro ciclones tropicais em Madagascar em um mês



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2022