Quarta-feira, 2 mar 2022 - 10h15
Por Maria Clara Machado

Inundações devastadoras e recordes tomam conta do leste da Austrália

Enquanto os estados de Queensland e Nova Gales do Sul, no leste da Austrália sofrem com inundações devastadoras, que ainda ameaçam a região, o novo ciclone tropical Anika avança no lado ocidental do país. Autoridades já consideram que as inundações são recordes em algumas localidades.

Lismore, em Nova Gales do Sul, é uma das áreas mais impactadas pelas inundações devastadoras dos últimos dias na Austrália. Crédito: Imagens por drone GRegueira, divulgação pelo twitter @Korra Ryan
Lismore, em Nova Gales do Sul, é uma das áreas mais impactadas pelas inundações devastadoras dos últimos dias na Austrália. Crédito: Imagens por drone GRegueira, divulgação pelo twitter @Korra Ryan

Inundações em Queensland e Nova Gales do Sul
As chuvas arrasadoras que resultam em inundações severas na costa leste da Austrália já deixaram 12 mortos desde a segunda-feira, dia 28 de fevereiro. O balanço foi atualizado pelas autoridades na manhã de hoje e a meteorologia mantém os avisos de alerta em vigor.

A Força de Defesa Australiana ajuda no resgate em muitas áreas atingidas. A água subiu até as varandas e telhados das casas em diversas áreas do sudeste do estado de Queensland, obrigando a retirada de milhares de famílias. As cenas também foram de veículos arrastados e completamente submersos.

Somente em Brisbane, 34 mil pessoas ficaram sem energia elétrica e mais de mil pessoas foram evacuadas no fim de semana.

Inundações em Brisbane durante as tempestades dos últimos dias. Crédito: Divulgação pelo twitter @baileyar ay
Inundações em Brisbane durante as tempestades dos últimos dias. Crédito: Divulgação pelo twitter @baileyar_ay

Depois de uma semana de chuva forte em Queensland, as nuvens de tempestade seguiram para o sul e também provocam inundações no estado de Nova Gales do Sul.

Sydney está em alerta durante esta quarta-feira, dia 2, com chuva pesada e persistente que aumenta a ameaça de graves inundações segundo informou o Bureau de Meteorologia (BOM). A represa de Warragamba, a principal da cidade está com a capacidade máxima e já começou a transbordar e há ordem para que os moradores da área deixem suas casas.

Na localidade de Lismore, ao norte do Nova Gales do Sul, próximo à divisa com Queensland, as inundações podem atingir o nível de 1,82 metros a mais do que qualquer outro evento de alagamento já registrado na região.

Ciclone tropical Anika
Enquanto as inundações assolam o leste australiano, o novo ciclone tropical Anika também está provocando chuva e rajadas de vento sobre a costa da Austrália Ocidental.

De acordo com o Joint Typhoon Warning Center (JTWC), Anika está sobre o litoral, a cerca de 230 quilômetros ao leste-nordeste de Port Hedland, a segunda maior cidade da região de Pilbara, rumo ao interior.

Imagem de satélite mostra a posição do ciclone tropical Anika sobre a Austrália Ocidental no dia 2 de março. Crédito: JTWC
Imagem de satélite mostra a posição do ciclone tropical Anika sobre a Austrália Ocidental no dia 2 de março. Crédito: JTWC

As rajadas de vento chegam a 74 km/h e no mar são observadas ondas acima de 4 metros. O ciclone tropical Anika deve seguir pela parte continental entre hoje e amanhã com ventos na ordem de 65 km/h.



Procure no Painel


Links Úteis  |  Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Painelglobal.com.br - Todos os direitos reservados - 2008 - 2022